A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 24 de Maio de 2018

27/03/2009 16:23

Pacote contra crise prevê R$ 18 mi em obras

Redação

Em uma investida contra a crise, um pacote de obras será lançado pela prefeitura de Campo Grande na próxima segunda-feira. Os recursos são liberados pelo governo federal e ultrapassam R$ 16 milhões com contrapartida de R$ 2.3 milhões da prefeitura.

Acelerar os projetos foi uma forma encontrada para aquecer o mercado, com a geração de mil empregos diretos e outros 2,5 mil indiretos. As licitações devem ser abertas imediatamente e a previsão de começar os trabalhos e para o início do segundo semestre.

O Campo Grande News teve acesso com exclusividade ao detalhamento das obras. Ao todo, serão 16 contratos no valor de R$ 18.652.101,81. O pacotão de obras será anunciado na próxima segunda-feira (30/03).

Do total a ser investido na Capital, R$ 16.351.850,00 são referentes a repasses do governo Federal e R$ 2.300.251,81 de contrapartida da admnistração municipal.

A maior parte do recurso será destinada a obras de pavimentação asfáltica e drenagem de águas pluviais. Serão seis contratos para ações de contenção de enchentes, que juntos contabilizam R$ 6.783.537,59.

As obras contra desastres com a chuva vão atender à Bacia do Córrego Botas 2, Jardim Anache e Jardim Colúmbia, além de infra-estrutura urbana, pavimentação asfáltica e drenagem de águas pluviais em sete bairros: no Jardim Nascente do Segredo, Vivendas do Parque, Jardim Panorama - etapa B, Jardim Nashiville - etapas A e B, Aero Rancho, Vila Nasser e Jardim Noroeste.

Os moradores do Dalva de Oliveira II, Vila Cox e Vila Hortênsia vão receber Ceinfs (Centros de Educação Infantil). A prefeitura ainda prevê aplicar os recursos no Programa Pró-Infância, com implantação da Creche Jardim Presidente e Mata do Segredo.

A cidade receberá três quadras poliesportivas, a quadra de beisebol, instalada na Associação Nipo-brasileira, será reformada e o Ginásio Guanandizão também será contemplado. Obras também vão garantir mudanças na estrutura no Estádio Jacques da Luz, nas Moreninhas, com cantina, banheiro e cobertura da arquibancada.

O pacotão prevê a liberação de recursos para a execução da primeira etapa do Centro de Belas Artes, que será construído no espaço da rodoviária do Bairro Cabreúva. As obras estão paralisadas há anos e a nova estação rodoviária é construída na saída para São Paulo.

Para dar uma destinação ao prédio, a prefeitura elaborou o projeto do centro cultural. O prefeito de Campo Grande, Nelsinho Trad (PMDB), já anunciou que o local abrigará "tudo o que pensar de arte", desde teatro até cinema e dança.

O pacotão de obras também prevê a implantação do Centro de Acesso à Tecnologia para Inclusão Social. Neste projeto serão investidos R$ 111.111,11.

Outro projeto prevê construção de UBSs (Unidades Básicas de Saúde)nos bairros Nova Lima, Parati, Jardim das Perdizes, Jardim Batistão e Santa Emília, além do Centro Regional 24 horas no Bairro Universitário. Outro investimento será na reforma das UBSs do Jardim Buriti, Vila Popular e Jockey Club.

Na lista consta ainda a ampliação da FUNCRAF (Fundação para Estudo e Tratamento das Deformidades Crânio e Faciais).

Também estão previstos recursos para o PRODESA (Programa de Fomento ao Agronegócio) e a construção de um pavilhão multifuncional para realizações de feiras e exposições de animais, produtos e serviços

O prefeito esteve reunido hoje cedo com superintendente regional da Caixa Econômica Federal, Paulo Antunes de Siqueira, para analisar o andamento das obras do Plano de Aceleração da Economia. Considerada uma das maiores da atual administração, a obra de desfavelamento da região do Imbirussu Serradinho está com 40% dos serviços concluídos.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions