A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

13/03/2012 14:55

Para ambulantes, proibição de shows na Expogrande significa prejuízo

Mariana Lopes

Moradores da região também lucravam com o movimento da exposição

Ambulantes dizem que sem shows não haverá lucro. (Foto: Marlon Ganassin)Ambulantes dizem que sem shows não haverá lucro. (Foto: Marlon Ganassin)

A maior feira de agronegócios do Mato Grosso do Sul, a Expogrande, permanece com data e local confirmados, de 12 a 22 de abril, no Parque Laucídio Coelho, porém, sem as atrações musicais, que eram responsáveis pelo maior movimento do evento. Com parte da vizinhança a favor e a outra contra, os mais prejudicados serão os vendedores ambulantes.

Muitos dos que aproveitavam para aumentar a renda durante o período da exposição eram moradores da própria região, como é o caso do ambulante Alfredo Rodrigues Balbuena, 38 anos, que desde 1995 vende salgados e bebidas ao público.

“Quem dava lucro mesmo era quem vinha para assistir aos shows. Esse ano nem vou lá para frente do parque, porque sei que vai ser prejuízo”, lamenta o ambulante. Ele diz ainda que, com a proibição de show no Laucídio Coelho, agora há poucas opções para quem garante a renda em eventos.

Alfredo conta que na semana da Expogrande chegava a ganhar R$ 80 por dia. “Como eu não tenho ponto fixo e só trabalho em festas, agora o jeito é viajar pelos eventos do Estado”.

A decisão não desagradou apenas a quem não tem ponto fixo. Para a vendedora Marizete Pereira de Souza, 38 anos, que está há um mês com ponto em frente ao Laucídio Coelho, a proibição dos shows significou prejuízo á vista.

“Estava até me planejando para estender o horário que fico por aqui e conseguir uma graninha extra, e, quem sabe, até fazer alguns clientes”, diz Marizete.

Estacionamento– Outro negócio que também gerava lucro durante os dias da feira era abrir espaço para estacionamento. Próximo ao parque, o pintor Tomas Lopes de Souza, 41 anos, há sete anos improvisava um terreno para guardar motocicletas do pessoal que ia aos shows.

Segundo ele, por noite conseguia alugar, a R$ 7, cerca de 30 vagas. “Às vezes tinha que ter umas três pessoas para me ajudar, de tanto movimento, mas esse ano nem vou arriscar montar o espaço, porque o evento vai estar quebrado”, afirma.

Opinião de morador – Em algumas residências próximas ao parque, a opinião dos moradores foi praticamente unânime. A realização dos shows não é algo que seja reprovado pela vizinhança.

“Quando as músicas iam até de madrugada, daí era ruim, mas do jeito que foi feito no ano passado ficou bom, não atrapalhava”, diz o autônomo Jubens Alves, 57 anos.

A vizinha de muro dele, Jovelina Carvalho Neves, 76 anos, mora na região há 20 anos, e afirma não se incomodar com o barulho. “Só não gostava da bagunça que ficava depois do show, coisa de molecada”, conta.

Com a casa bem de frente ao parque, Lúcia Corrêa da Luz se recorda que sempre foi aos shows na Expogrande. “Campo Grande perde uma opção de lazer, infelizmente”, lamenta.

Entre vizinhos ouvidos pelo **Campo Grande News** shows não incomodam tanto. Entre vizinhos ouvidos pelo **Campo Grande News** shows não incomodam tanto.


Só uma pergunta, vcs sabem para onde vai o ESGOTO DA EXPOGRANDE, digo os dejetos dos animais, dos banheiros, a agua utilizada na limpesa do PARQUE ?
Tudo vai parar dentro do Corrego, la não possui sistema de Esgoto, é esse Sistema que tem que ser Investido Um Milhão de Reais., então não e só o Problema do Som e cadê a calçadas para os Deficientes Visuais em torno do Parque ?
 
Carlos Alencar em 14/03/2012 10:12:04
Não vou nem sair de casa,eu só ia na exposição pra curtir os shows.Fora isso nada lá me enteressa,todo ano é a mesma coisa ,robalheira no estacionamento,robalheira nas churrascarias,só bebida da preferencia deles,muitos maloqueiros ,banheiros imundos,sem coletivos pro pessoal que mora nos bairros voltarem após a meia noite e por ai vai.
 
alessandro dos santos em 14/03/2012 09:13:31
prejuizo maior tem é o sus, com gastos para cuidar das vitimas dessas festas, pai e mae que sofrem com os sofrimentos de seus filhos, vitimas dessas festas regadas a tudo que intorpece, a segurança pública, civil e militar diligenciando seus homens e mulheres a estar a disposição dessas festas com seus shows que só trazem desgraça a nossa comunidade. portanto vamos parar de agir com emoção.
 
abimael acosta brito em 14/03/2012 08:38:24
ALCI OLIDIO, VOCÊ TINHA TUDO PARA FICAR SEM TECER COMENTÁRIOS, VC NÃO SABE ONDE O GALO CANTOU...LEIA SOBRE OS FATOS E DEPOIS COMENTE....
EM CORUMBÁ TAMBÉM ESTÃO CUMPRINDO UMA TAC.....SABIA...
SE FOSSE TANTO PELA TRADIÇÃO TERIAM CUMPRIDO A TAC QUE ASSINARAM.....
VC SABE O QUE É LEI DO SILÊNCIO???
ESTES AMBULANTES DA EXPOSIÇÃO DE CAMPO GRANDE SÃO VENDEDORES SAZONAL....NÃO TEM COMO RENDA PRINCIPAL
 
GILMAR CANDIDO em 13/03/2012 11:11:38
Deveriam acabar também com a Noite da Seresta e com o Carnaval de Rua. Acabar com a zuaeira dos altos da Afonso Pena. Por que não?
 
Ezio Jose em 13/03/2012 09:09:57
Só não entendi uma coisa: Em corumbá liberaram a Igreja para fazer cultos sem estrutra para abafar o som alto, pertubando a vizinhança;
Aqui proibiram o som dos shows, que é uma tradição a mais de 80 anos,,,
Quanto aos ambulantes, tiraram talvez uma forma deles colocarem o pão na mesa de seus filhos...
sem mais...
 
alci olidio da silva em 13/03/2012 08:34:24
Os shows deveriam acontecer sim, mas em horários que não atrapalhe os moradores da região, pois seria uma forma de se acabar com a mais tradicional festa da capital.
 
alberto terto da silva em 13/03/2012 07:34:01
PERDOEM-ME OS AMBULANTES, VOCÊS SÃO QUANTIDADES PEQUENAS, A LEI SOBERANA AMBIENTAL, E FEDERAL, EM TODOS OS LUGARES DE AGLOMERAÇÃO HUMANA, COM SONS IMPERTINENTES, OU SE ADEQUARAM OU DEIXARAM DE EXISTIR, QUANTO A VENDA DOS SENHORES, CREIO QUE NÃO SERÁ MUITO A DIFERENÇA, POIS É PARA O BEM DOS VOSSOS FILHOS, E DA SOCIEDADE MELHOR, DEUS ABRE SEMPRE MAIS PORTAS, CONFIEM EM DEUS.
 
PEDRO BRAGA em 13/03/2012 05:43:43
Chega de celéumas, o Parque está em desacordo com o que prevê a justiça, e enquanto não se adequar, permanecerá sob os ditames da lei. O som alto demais existe, e quem disser o contrário, mente. Parabens ao MP, por manter a decisão. Agradecemos.
 
Valter Antunes em 13/03/2012 04:59:16
Nâo interessa a opinião de meia dúzia de ambulantes. A lei vale para todos e deve ser cumprida.
 
ricardo rodrigues em 13/03/2012 04:40:23
Fico pensando se a cidade de Campo Grande quer ser vista como a Terra do Improviso, pois o fato de não poder ter shows durante a Expogrande foi um erro de estrutura da Acrissul que não cumpriu com as determinações ambientais/sanitárias, assim como de viabilidade técnica pra que houvesse shows neste espaço.
A Acrissul procura culpados por seus próprios erros de organização.
 
Nivaldo Correa Tenorio em 13/03/2012 04:23:51
faz o seguinte, realizem shows regionais com artistas da nossa cidade e coloca esses shows em horario mais cedo.
 
marcelo butkenicius em 13/03/2012 04:13:41
Nao tem que morador gostar ou desgostar, tem e que entrar na lei, se nao fosse proibido agora, todo ano ia ser o tal do "jeitinho brasileiro" e nunca teriam iniciativa de se adequar.
 
Veioleta Capeleti em 13/03/2012 03:52:51
Graças a Deus acabaram esses shows (bagunça, baderna...) na exposição, a população de bem de Campo Grande desde já agradece, é melhor esses vendedores ambulantes, que não pagam nenhum imposto, terem prejuizo do que o povo que mora próximo ao parque de exposição sofrer com incômodo do barulho que esses Shows (bagunças, badernas...) causam
 
Paulo Oliveira em 13/03/2012 03:50:25
Falou e disse Haroldo!
Esse ambulantes não recolhem impostos, sequer são formalizados, na verdade quem fica no prejuízo somos nós que trabalhamos corretamente, pagamos nossos impostos como cidadãos e comerciantes.
 
João Neto em 13/03/2012 03:39:13
Acho ótimo que acabou o shows na expogrande assim o comerciantes de bares e restaurantes da região central e periferias não ficam as moscas na semana da exposição.
Afinal são esses comerciantes que realmente pagam impostos e taxas o ano todo.
 
Haroldo Martins Borralho em 13/03/2012 03:19:21
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions