ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
FEVEREIRO, QUINTA  29    CAMPO GRANDE 27º

Economia

Para atingir meta de público, Semana da Conciliação é prorrogada até terça

Mariana Rodrigues | 06/07/2015 09:16
Foram promovidas 285 audiências em cinco dias de evento, número menor que registrado do ano passado (Foto: Divulgação Assessoria)
Foram promovidas 285 audiências em cinco dias de evento, número menor que registrado do ano passado (Foto: Divulgação Assessoria)

A 5ª Semana da Conciliação estendeu até terça-feira (7), o prazo para quem quer resolver pendências financeiras, ou outros tipos de conflitos. Mesmo com números positivos, a adesão do público não alcançou a expectativa da organização que esperava um aumento de 50% no número de pessoas no local, com relação ao ano anterior.

Durante o período de 29 de junho a 3 de julho, a Semana somou 285 audiências, sendo que em 215 sessões houve acordo entre as partes. No último dia, foi registrada 112 audiências, 12% a mais que o previsto para o dia de encerramento do evento.

O evento é promovido pela CBMAE (Câmara Brasileira de Mediação e Arbitragem), ACICG (Associação Comercial e Industrial de Campo Grande) em parceria com o Posto Avançado de Conciliação Extraprocessual. Mesmo com uma procura tímida, o presidente da CBMAE e diretor da ACICG, Roberto Oshiro, comemora os primeiros resultados da ação. “Os resultados prévios de 2015 são semelhantes a 2014, ano em que foram promovidas 296 audiências, número 54% superior em relação à edição 2013, quando foram realizadas 192 sessões”, comenta Roberto Oshiro.

De acordo com dados do ano passado, a taxa de sucesso do evento somou 83%, resultado da soma de acordos das audiências e também de negociações feitas diretamente nos estabelecimentos participantes do evento. Em 2014, o evento negociou R$ 435.871.

A conciliação é uma forma de solução rápida, eficiente e econômica de resolver conflitos extrajudiciais e também ajuizados, pois acontece sem a interferência de advogados e oferece total segurança jurídica.

É um método em que um conciliador tem a função de aproximar as partes para negociarem diretamente a solução de suas divergências, com neutralidade e imparcialidade. “Nosso objetivo é promover a pacificação social e contribuir para reduzir o número de processos. As partes acabam mantendo o relacionamento, o que na maioria das vezes não acontece em um processo judicial” completa Oshiro.

Em 2015, as empresas que decidiram usar a conciliação para reaver débitos atrasados de clientes foram a Energisa, Anita Shoes, Reci fotos, Sandra Joias, Zou Bisou e Colégio CDA. Mas neste novo prazo, apenas a Energisa mantêm equipe de atendimento para conciliação na CBMAE.

Além da pendência financeira, Oshiro explica que “qualquer tipo de conflito pode ser resolvido na Câmara de Mediação e Arbitragem, como exemplo estão questões de direito de família, desentendimentos com vizinhos ou entre sócios, e até questões de ação penal privada (como calúnia e difamação)”.

Após a audiência realizada, em caso de acordo, o Termo de Audiência Frutífera será encaminhado à 8ª Vara da Justiça Itinerante e Comunitária para ser homologado pelo juiz, indicado pelo Tribunal de Justiça do Estado. No prazo de 15 dias, o documento será devolvido à secretaria da CBMAE/ACICG para ser disponibilizado para as partes interessadas.

Como participar - Em casos de pendências financeiras, o cidadão deve apresentar-se diretamente na secretaria da CBMAE/ACICG munido de cópias do RG, CPF ou Carteira Nacional de Habilitação, comprovante de residência e extrato da negativação do SCPC, ou ainda qualquer outro documento que comprove o vínculo com a empresa (contrato, faturas, boleto, etc.). A Câmara vai convidar o estabelecimento credor para uma audiência de tentativa de conciliação do débito. Para outros casos de conflito é preciso buscar mais informações pelo telefone 3312-5063.

O interessado em resolver um problema por meio da conciliação também deverá contribuir com uma lata, ou pacote, de leite em pó, por procedimento. O donativo que será doado a uma instituição filantrópica.

O agendamento de audiências acontece das 8h às 18h. A ACICG está localizada na Rua 15 de novembro, 390, Centro.

Nos siga no Google Notícias