ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
JUNHO, SEXTA  21    CAMPO GRANDE 24º

Economia

Para resolver dívidas, Semana da Conciliação já tem 4 mil agendamentos

Flávia Lima | 21/06/2015 13:00
Interessados em buscar uma conciliação com credores devem procurar A Associação Comercial ou a Câmara de Mediação. (Foto:Divulgação)
Interessados em buscar uma conciliação com credores devem procurar A Associação Comercial ou a Câmara de Mediação. (Foto:Divulgação)

Marcada para acontecer entre os dias 29 e 3 de julho, a 5ª Semana da Conciliação, realizada pela Associação Comercial de Campo Grande e Câmara Brasileira de Mediação e Arbitragem, já conta com 4 mil agendamentos.

O objetivo das audiências é resolver conflitos com pessoas físicas ou jurídicas e as primeiras sessões foram agendadas por empresas que decidiram adotar o método para reaver débitos atrasados de clientes. Além da pendência financeira, o presidente da CBMAE, Roberto Oshiro, esclarece que qualquer tipo de conflito pode ser resolvido na Câmara, como questões de direito de família, desentendimentos com vizinhos ou entre sócios, e até questões de ação penal privada, como calúnia e difamação.

Ele explica que a conciliação é uma forma de solução rápida, eficiente e econômica de resolver conflitos extrajudiciais e também ajuizados, pois acontece sem a interferência de advogados e oferece segurança jurídica. “Nosso objetivo é promover a pacificação social e contribuir para reduzir o número de processos. As partes acabam mantendo o relacionamento, o que na maioria das vezes não acontece em um processo judicial”, completa Oshiro.

Após a audiência realizada, em caso de acordo, um termo é encaminhado à 8ª Vara da Justiça Itinerante e Comunitária para ser homologado pelo juiz, indicado pelo Tribunal de Justiça do Estado. No prazo de 15 dias, o documento será devolvido à secretaria da Câmara de Mediação e da Associação Comercial para ser disponibilizado para as partes interessadas.

Como participar- Em casos de pendências financeiras, o interessado deve apresentar-se diretamente na secretaria de uma das duas instituições, munido de cópias de RG, CPF ou Carteira Nacional de Habilitação, comprovante de residência e extrato da negativação do SCPC, ou ainda qualquer outro documento que comprove o vínculo com a empresa (contrato, faturas, boleto).

A Câmara vai convidar o estabelecimento credor para uma audiência de tentativa de conciliação do débito. Para outros casos de conflito é preciso buscar mais informações pelo telefone 3312-5063.

O interessado em resolver um problema por meio da conciliação também deverá contribuir com uma lata, ou pacote, de leite em pó, por procedimento. O donativo será doado a uma instituição filantrópica.

Nos siga no Google Notícias