A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 10 de Dezembro de 2017

05/06/2015 12:36

Plano de saúde deve subir até 13,55% a partir de junho

Caroline Maldonado

A ANS (Agência Nacional de Saúde Suplementar) fixou em 13,55% o índice máximo de reajuste a ser aplicado em planos de saúde. O percentual é válido para o período de maio deste ano até abril de 2016.

A maior operadora da Capital, Unimed Campo Grande já enviou o ofício e aguarda a autorização da ANS para reajustar o valor com o percentual máximo definido pela agência. A cooperativa pretende fazer o reajuste até o fim de junho de 2015. “A cooperativa ressalta que o índice de reajuste de planos de saúde não é passível de comparação com o índice geral de inflação, que mede a variação de preços de insumos como bebidas, roupas e transporte”, argumenta a Unimed, em nota.

Segundo a ANS, o índice máximo de reajuste autorizado pela ANS pode ser aplicado somente a partir da data de aniversário de cada contrato. É permitida a cobrança de valor retroativo aos meses de defasagem entre a aplicação e a data de aniversário.

Caso tenham dúvidas, os consumidores devem entrar em contato com a ANS por meio do Disque-ANS (0800 701 9656); pela Central de Atendimento ao Consumidor, no site www.ans.gov.br ou pessoalmente, em um dos doze núcleos de atendimento no país.

Veja abaixo exemplo de reajuste de um plano de saúde com aniversário em maio e com mensalidade de R$100,00:

Plano de saúde deve subir até 13,55% a partir de junho
Empresas têm até 20 de dezembro para optar pela antecipação do eSocial
Empresas podem optar pela antecipação da implantação do Sistema de Escrituração Digital das Obrigações Fiscais, Previdenciárias e Trabalhistas (eSoci...
Prazo para regularizar débitos com fisco estadual vence na sexta-feira
Contribuintes que possuem débitos com o fisco estadual têm até sexta-feira (15) para aderirem ao Refis (Programa de Recuperação Fiscal) de Mato Gross...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions