ACOMPANHE-NOS    
AGOSTO, SEGUNDA  15    CAMPO GRANDE 23º

Economia

Preço de hortifrútis apresenta variação de até 457% na Capital

Quilo do mamão formosa é encontrado entre R$ 2,69 e R$ 14,99, em diferentes mercados da Capital

Por Guilherme Correia | 13/05/2022 08:20
Mulher faz compras em sessão de vegetais de mercado; foto tirada em 2019. (Foto: Henrique Kawaminami)
Mulher faz compras em sessão de vegetais de mercado; foto tirada em 2019. (Foto: Henrique Kawaminami)

Nesta sexta-feira (13), o Procon (Superintendência para Orientação e Defesa do Consumidor) estadual divulgou pesquisa com valores de 90 tipos de produtos de hortifrúti em 22 estabelecimentos de Campo Grande, verificados entre 28 de abril e 9 de maio.

Conforme publicação no site de notícias do órgão, entre os mercados varejistas, 48 itens tiveram variação de preço acima de 100%. A maior diferença encontrada foi de 457,25%, no valor do quilo do mamão formosa, sendo - R$ 14,99 no Pão de Açúcar - e o menor de R$ 2,69 no Duarte.

Já a menor diferença foi de 8,74% no Mel Vovô Pedro 500 g - com maior valor de R$ 25,99 no mercado São João, e o menor valor de R$ 23,90 no Pag Poko. Acesse a lista completa dos varejistas aqui.

Nos estabelecimentos atacadistas, com publicação disponível neste link, a maior variação foi de 130,43%  no preço do maço de hortelã, sendo o maior valor de R$ 6,89 no Morena Atacadista e o menor por R$ 2,99 no Fort. A menor variação foi de 1,58% no quilo do Mamão Papaia, sendo o maior valor de R$ 8,99 no Fort, e o menor valor de R$ 8,85 no Assaí.

Nos mercados especializados em hortifrúti, 33 produtos pesquisados tiveram variação superior a 100%. Clique aqui para ver a relação completa destes estabelecimentos.

A maior variação foi de 299% no preço do maço da hortelã, sendo o maior valor de R$ 3,99 no Hortifrúti Santa Rita e o menor por R$ 1 no Hortifrúti Florestal. A menor variação foi de 5,61% no quilo da vagem, sendo o maior valor de R$ 19 no Hortifrúti Florestal, e o menor valor de R$ 17,99 no Hortifrúti Santa Rita.

Nos siga no Google Notícias