A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

30/06/2017 13:06

Preço de produtos juninos pode variar mais de 100% entre supermercados

Priscilla Peres
Lista com itens e produtos está disponível no site do Procon. (Foto: Marcos Ermínio)Lista com itens e produtos está disponível no site do Procon. (Foto: Marcos Ermínio)

Junho está acabando, mas as comidas típicas do mês continuam entre as preferidas. Porém, é importante ficar de olho no preço dos produtos que podem variar até 176% entre os estabelecimentos, de acordo com pesquisa do Procon divulgada hoje.

A batata palha chega a custar R$ 3,18 e R$ 8,79 conforme o local escolhido para a compra. Já a mesma marca de coco ralado custa R$ 2,10 e R$ 5,29 entre os mercados da Capital pesquisados.
As famosas bandeirolas, leite de coco e paçoca encabeçam a lista de produtos com maior variação nos preços. A tabela com os preços e nomes dos estabelecimentos está disponível e pode ser conferida aqui.

A lista inclui itens típicos como amendoim, canela, canjica, gengibre, milho para pipoca, paçoca, pé de moleque, carne de sol, polvilho azedo e doce, além de enlatados e condimentos.

A dica do superintendente do Procon/MS, Marcelo Salomão, é sempre pesquisar. “Como as festas dessa época do ano acabam se estendendo durante o mês de julho, e até agosto, o Procon optou por realizar a segunda pesquisa”. Salomão reforça a importância de verificar a data de validade dos produtos em promoção e as condições das embalagens e de armazenamento.

O Procon Estadual atende ao público na rua 13 de Junho, 930, no Centro de Campo Grande, das 7h às 19h. O telefone de contato é o (67) 3316-9800. O órgão conta ainda com o número 151, por meio do qual os consumidores podem esclarecer dúvidas que envolvam relações de consumo e fazer denúncias de produtos impróprios e vencidos, entre outras irregularidades.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions