A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

08/12/2008 10:46

Preço dos alimentos subiu 20% este ano, na Capital

Redação

O consumidor campo-grandense precisa hoje desembolsar 20,69% mais para comprar uma cesta com 15 itens que no início deste ano, segundo mostra a pesquisa da Cesta Básica, divulgada pela Secretaria de Estado do Meio Ambiente, das Cidades, do Planejamento da Ciência e Tecnologia. No mês de novembro uma nova alta: de 2,72% e a cesta fechou em R$ 215,00. Em 12 meses o custo já subiu 23,43%.

Nos últimos 6 meses os produtos que apresentaram as maiores altas foram: carne (24,84%), margarina (19,54%), arroz (17,42%), feijão (7,60%), leite (4,97%), açúcar (4,03%), sal (3,85%) e pão francês (3,67%). As maiores quedas ficaram com o tomate (-22,88%) e o óleo (-17,03%).

Considerando o trabalhador que recebe um salário mínimo, de R$ 415,00, restam R$ 200,00 para atender suas outras necessidades básicas como: água, energia, saúde, serviços pessoais, vestuários, lazer e outros. Em outubro, o trabalhador gastava 50,43% do seu salário para adquirir a cesta e em novembro registrou 51,81%.

 

Novembro

CPMI da JBS pede investigação contra Janot e indiciamento dos irmãos Batista
Com os votos contrários dos deputados Delegado Francischini (SD-PR), João Gualberto (PSDB-BA) e Hugo Leal (PSB-RJ), a Comissão Parlamentar Mista de I...
Prazo para renegociar dívidas com o Estado com desconto vence nesta 6ª
Contribuintes em débito com o fisco estadual têm até sexta-feira (15) para aderir ao Refis (Programa de Recuperação Fiscal) de Mato Grosso do Sul.  A...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions