A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 18 de Outubro de 2018

26/03/2018 09:36

Preço médio do gás de cozinha sobe pela 6ª semana seguida em Campo Grande

Com alta acumulada de 8,09%, produto é o sexto mais caro entre as capitais brasileiras, segundo a ANP.

Ricardo Campos Jr.
Botijões em revendedora de gás na Capital (Foto: Alcides Neto / arquivo)Botijões em revendedora de gás na Capital (Foto: Alcides Neto / arquivo)

O preço médio do gás de cozinha em Campo Grande subiu pela sexta semana seguida no levantamento feito pela ANP (Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis). O produto que até o dia 10 de fevereiro custava em torno de R$ 71,38 ficou R$ 5,78 mais caro até o último sábado (24), o que representa alta acumulada de 8,09%.

Nessa pesquisa, funcionários do órgão percorreram 114 revendedoras anotando os valores do botijão de 13 quilos, o mais utilizado pelos consumidores, para fazer os cálculos.

Os resultados mostram que o preço médio apurado na semana passada na Capital é o sexto maior do país, atrás apenas de Cuiabá (R$ 94,26); Palmas (R$ 86,21); Boa Vista (R$ 79,75); Aracaju (R$ 78,58) e Rio Branco (R$ 77,87). O mais barato está em Salvador (R$ 52,05).

Conforme a ANP, o valor de Campo Grande ficou apenas sete centavos atrás do recorde deste ano, que foi R$ 77,23 até o dia 6 de janeiro. Os técnicos não encontraram o produto por menos de R$ 70 na cidade durante a coleta de dados.

Já o preço máximo caiu um centavo e o botijão mais caro foi achado por R$ 79. O gás de cozinha vendido na Capital ainda está barato em relação a algumas cidades do estado.

Em Mato Grosso do Sul, o preço mais alto foi de R$ 90 em Corumbá e o mais barato, R$ 58 em Três Lagoas. O estado tem o sétimo valor médio para o gás de cozinha no país, atrás de Mato Grosso (R$ 94,21); Tocantins (R$ 84,73); Roraima (R$ 79,75); Acre (R$ 78,13); Rondônia (R$ 77,73) e Sergipe (R$ 76,15).

A diferença entre os extremos e a maior quantidade de locais pesquisados fazem com que o preço médio do estado fique abaixo do campo-grandense. Conforme a ANP, o gás de cozinha sai em torno de R$ 75,91.

Estudo avalia redução do gás de cozinha para população de baixa renda
O presidente Michel Temer determinou à área técnica do governo a realização de um estudo sobre a viabilidade de redução do preço do gás de cozinha pa...
Loja terá que pagar indenização por colocar nome de consumidor no SPC e Serasa
Os desembargadores da 5ª Câmara Cível negaram recurso da rede de varejo Casas Bahia contra sentença que a condenou ao pagamento de R$ 7 mil por danos...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions