A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 17 de Outubro de 2018

21/09/2018 15:02

Recursos do FCO chegam a R$ 2,4 bilhões e batem recorde em MS

Valor atende empresários e produtores rurais interessados em investir em novos negócios, ampliar empresas ou tomar recursos para capital de giro

Gabriel Neris
Produtores utilizam recursos para aumentar investimentos e movimentar economia local (Foto: DivulgaçãoProdutores utilizam recursos para aumentar investimentos e movimentar economia local (Foto: Divulgação

Os recursos do FCO (Fundo Constitucional de Financiamento do Centro-Oeste) para Mato Grosso do Sul atingiram os R$ 2,426 bilhões em 2018. É o maior valor já liberado para o Estado. O incremento superior a R$ 200 milhões se deve a redistribuição de recursos entre os estados feito pelo Condel (Conselho Deliberativo do Desenvolvimento do Centro-Oeste).

O valor atende empresários e produtores rurais interessados em investir em novos negócios, ampliar empresas ou tomar recursos para capital de giro.

O secretário estadual de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar e presidente do Conselho do FCO no Estado, Jaime Verruck, diz que em todo mês de setembro o Condel redistribui os recursos ainda disponíveis para contratação.

Mato Grosso do Sul agora passa a ter 25% dos R$ 9,7 bilhões distribuídos entre os três estados e o Distrito Federal. “O montante atual de R$ 2,4 bilhões é recorde para o Estado e nossa meta de aplicar 100% disso até o fim do ano continua”, diz Verruck.

O Estado contratou R$ 1,588 bilhão até o momento, conforme os dados do Banco do Brasil. Foram 2.917 contratos. Também há outros 298 projetos que somam R$ 305 milhões em fase de contratação. O Estado tem disponível mais de R$ 500 milhões para contratação.

Loja terá que pagar indenização por colocar nome de consumidor no SPC e Serasa
Os desembargadores da 5ª Câmara Cível negaram recurso da rede de varejo Casas Bahia contra sentença que a condenou ao pagamento de R$ 7 mil por danos...
Justiça condena empresa telefônica por bloquear linha de cliente
Os desembargadores da 3ª Câmara Cível negaram recurso da companhia telefônica Tim, condenada em primeiro grau a pagar R$ 8 mil a um morador de Três L...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions