A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 26 de Abril de 2017

03/03/2017 15:25

Safra da soja supera expectativas e pode chegar a 8 milhões de toneladas

Ricardo Campos Jr.
Levantamento aponta que mais da metade da área plantada já foi colhida (Foto: divulgação / Aprosoja)Levantamento aponta que mais da metade da área plantada já foi colhida (Foto: divulgação / Aprosoja)

Superando as expectativas, estima-se que a safra de soja 2016/2017 em Mato Grosso do Sul chegue a 8,165 milhões de toneladas, segundo levantamento da Aprosoja (Associação dos Produtores de Soja de Mato Grosso do Sul). Anteriormente as projeções apontavam produção de 7,8 milhões de toneladas.

Os dados fazem parte do Siga MS (Sistema de Informação Geográfica do Agronegócio). Cerca de 51,2% da área plantada com o grão acompanhada pela plataforma já foi colhida.

Com relação à produtividade, o ciclo pode atingir 54 sacas por hectare, contra 51 sc/ha estimadas anteriormente. Os mapeamentos realizados até o momento indicam que a área utilizada para cultivo nesta safra foi de 2,5 milhões de hectares, segundo a assessoria de imprensa da Aprosoja.

Para a entidade, o resultado vem ao encontro de uma colheita eficaz conduzida pelos produtores, aproveitando-se da contribuição do clima na lavoura que levaram ao bom rendimento das áreas plantadas. As chuvas que atingiram o estado nas últimas semanas deram uma trégua, permitindo os trabalhos no campo.

Na opinião do presidente da associação, Christiano Bortolotto, a safra enfrentou condições de clima diverso e condições climáticas que em outros momentos afetaria o cultivo. O que ajudou a produção a atingir volumes acima do previsto foi o investimento em tecnologia, com a evolução da genética das plantas e insumos para produção.

Segundo ele, muitos sofreram com a seca em boa parte do ciclo, mas o investimento realizado na produção mostrou resultado.

Bortolotto alerta que apesar dos índices, é preciso cautela por conta do valor do produto, pois mesmo alcançando boa quantidade, o preço baixo diante dos altos custos de produção afetam as receitas.

Até o dia 24 de fevereiro, conforme a Aprosoja, a região sul apresentava porcentagem média de área colhida mais avançada, com 57%, enquanto a região norte está com 48% e, a região centro, com 36% de sua área colhida. Ainda segundo esse último levantamento, do dia 24, a porcentagem de área colhida no Estado na safra 2016/2017 é superior em aproximadamente 2,4%, em relação à safra 2015/2016 para esta mesma data.

A evolução, na última semana, foi de aproximadamente 27,1% para MS, ou seja, cerca de 682.200 hectares foram colhidos neste período.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions