A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 15 de Outubro de 2019

12/03/2019 16:17

Safra de grãos deve crescer 1% e chegar a 228,8 milhões de toneladas em 2019

Agência IBGE
Tanto a produção quanto a área plantada de arroz devem diminuir em 2019 - Foto: Licia Rubinstein/Agência IBGE Notícias.Tanto a produção quanto a área plantada de arroz devem diminuir em 2019 - Foto: Licia Rubinstein/Agência IBGE Notícias.

A segunda estimativa para safra de grãos em 2019 indicou produção de 228,8 milhões de toneladas, 1% maior que a do ano passado. A estimativa da área colhida deve crescer 1,7% frente a 2018, somando 61,9 milhões de hectares. Os dados são do Levantamento Sistemático da Produção Agrícola (LSPA), divulgado hoje pelo IBGE.

A pesquisa também mostrou a evolução dos resultados em relação à primeira estimativa, divulgada em fevereiro. A estimativa da produção de grãos caiu 0,8% e da área colhida, 0,3%. Ainda assim, a safra deste ano deve ser a segunda maior da série histórica, atrás apenas das 240,6 milhões de toneladas produzidas em 2017.

Na comparação com o ano passado, a área plantada da soja deve crescer 1,7%, porém é esperada queda de 3,8% na produção, totalizando 113,4 milhões de toneladas. Segundo o gerente da pesquisa, Carlos Antônio Barradas, a colheita deve sofrer com o clima menos favorável.

“Os principais estados produtores sofreram com a seca, que ocorreu em fases mais sensíveis, como o florescimento e o preenchimento dos grãos. Isso diminui a expectativa de uma maior colheita neste ano, mas ainda é uma safra expressiva”, comenta.

Para o milho, deve haver altas de 10,9% na área plantada e de 9,8% na produção, totalizando 89,4 milhões de toneladas, o segundo maior resultado da série histórica depois de 2017, quando a safra alcançou 99,5 milhões de toneladas.

“Como os preços do milho estão em patamares superiores aos do ano passado, espera-se que os produtores aumentem os investimentos em tecnologia de produção, ocorrendo incremento da produtividade”, ressalta o pesquisador.

Destaque também para a safra de algodão, que deve crescer 13% e ter produção recorde em 2019, com 5,5 milhões de toneladas. Já para o arroz são esperadas quedas de 10,9% na produção e de 9,4% na área plantada. “Em algumas cidades produtoras, houve pouca insolação e baixas temperaturas”, frisa Barradas.

Centro-Oeste responde por 44,4% da safra de grãos

Entre as grandes regiões, o Centro-Oeste, com 44,4%, deve responder pela maior participação na produção de grãos neste ano, seguido por Sul, 33,4%, Sudeste, 10,1%, Nordeste 8,2% e Norte 3,9%. O Mato Grosso lidera entre os estados, devendo responder por 26,2% da safra.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions