A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

19/01/2010 08:16

Setor cerâmico de MS prevê salto de 20% na demanda

Redação

Para este ano o Sindicer/MS (Sindicato das Indústrias Cerâmicas de Mato Grosso do Sul) prevê crescimento de até 20% na demanda, segundo a presidente, Cláudia Volpini. "Passando este primeiro trimestre do ano, que é um período de chuvas, devemos ter um ano positivo com significativo crescimento na demanda. Nossa expectativa é voltar a registrar os mesmos padrões de 2008, um ano que foi muito positivo para nós", explicou.

O segmento conta com 103 empresas espalhadas por diversas regiões de Mato Grosso do Sul e juntas empregam 1,6 mil trabalhadores. Com as projeções de crescimento, a expectativa é de atingir a capacidade máxima instalada de produção. "Com o aquecimento do mercado, nossa expectativa é que a demanda cresça no mínimo 20% e, com isso, esperamos trabalhar utilizando toda a nossa capacidade de produção", ressaltou.

A presidente do Sindicer/MS acrescenta que geralmente ano político acaba sendo bem intenso para o setor por causa do volume de recursos circulando. "O ano de 2010 deve se firmar com um ano bem interessante para o setor cerâmico", pontuou, ressaltando que o ano também será de importantes definições para a indústria cerâmica no Estado com as empresas trabalhando para ingressar no PSQ (Programa Setorial de Qualidade), que exige das indústrias do setor o enquadramento de seus processos e produtos nas normas técnicas existentes para telhas e blocos.

"Pelo menos 16 empresas do Estado estão participando do projeto de inserção ao PSQ e o Sindicer/MS está trabalhando para que nossas empresas façam parte desse programa. Nossa expectativa é que todo o processo esteja concluído até o mês de março", finalizou. (Com informações da assessoria de imprensa).

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions