A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

25/11/2009 14:17

Simone diz que abre mão de fábrica para evitar brigas

Redação

A prefeita de Três Lagoas, Simone Tebet (PMDB), afirmou que o município brigará para que a mega fábrica de fertilizantes da Petrobras seja implantada em Mato Grosso do Sul. Ela não vai entrar na disputa com outros municípios, como Campo Grande e Corumbá.

"Três Lagoas não vai brigar pela fábrica de fertilizantes da Petrobras. Estamos na disputa em prol de Mato Grosso do Sul", afirmou a prefeita, sobre o anúncio feito ontem pelo ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Reynhold Stephanes, de que o investimento de R$ 3,4 bilhões será feito na cidade situada na divisa com São Paulo.

Segundo ela, não há nada oficial sobre a instalação dessa indústria na cidade e o importante é que o estado de Mato Grosso do Sul seja priorizado, independente da cidade escolhida. Para a prefeita é fundamental não atrasar o projeto da Petrobras e se isso for ocorrer é melhor que não haja nenhum tipo disputa entre as cidades.

"O assunto vem sendo tratado com muita cautela tanto na administração municipal quanto no Governo do Estado e além disso, essa definição depende da aprovação do Conselho de Administração da Petrobras e qualquer tipo de especulação pode interferir no processo e acabar atrasando a instalação da unidade no Estado", alertou.

A prefeita destacou que o projeto da Petrobras é um projeto Mato Grosso do Sul e não um projeto Três Lagoas, Campo Grande ou Corumbá. "O Estado é a prioridade e em qualquer lugar que for instalada, pela sua importância e grandeza, a fábrica de fertilizantes da Petrobras vai beneficiar o Brasil como um todo", disse.

Para ela, esse é um dos empreendimentos mais importantes para Mato Grosso do Sul, pois além do impacto positivo com a geração de empregos diretos, a instalação desse tipo de fábrica traz um benefício maior e um impacto direto na economia, já que produz um insumo que ainda é uma das bases da matriz econômica do Estado, que é o agronegócio, que domina a economia de toda região Centro-Oeste.

"Estamos juntos nessa luta, governador e prefeitos, em prol do desenvolvimento de Mato Grosso do Sul e é muito importante que a união prevaleça, pois todos nós seremos beneficiados, independente da cidade escolhida", conclamou a prefeita.

Os limites do “desculpe, seu score está baixo”
Imagine a seguinte situação. Você está navegando em uma grande loja de comércio eletrônico e escolhe um novo celular para compra. Na hora do pagament...
Confaz aprova incentivos fiscais concedidos pelo Governo de MS
O Confaz (Conselho Nacional de Política Fazendária) aprovou a convalidação de todos os incentivos fiscais concedidos pelo Governo do Estado em Mato G...
Consumidor terá 30 dias para contratar serviço de esgoto antes de ser multado
Será apresentado às 9h de segunda-feira (18) um termo de parceria entre o Procon-MS (Superintendência para Orientação e Defesa do Consumidor de Mato ...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions