A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

07/08/2009 20:00

Tarifa de água sobe 15%, mas fica congelada até 2011

Redação

A prefeitura conseguiu negociar reajuste de tarifa bem inferior ao solicitado pela Águas Guariroba. Dos 27,81% pleiteados, o percentual caiu para 15,53%. Também ficou acertado o congelamento do valor pelos próximos 2 anos.

Em reunião nesta sexta-feira, o prefeito Nelsinho Trad (PMDB) conseguiu ainda convencer a direção da concessionária a abrir mão da proposta de equiparação da taxa de esgoto com a de água, o que significaria mais um acréscimo de 17,65% na conta do consumidor.

Para chegar ao índice menor de reajuste na tarifa, foram retirados da proposta inicial apresentada pela empresa o percentual de Reequilíbrio Econômico-Financeiro, que representava 3,5%, além dos 5,5% referentes ao INPC (Índice Nacional de Preços ao Consumidor).

Depois desse ajuste, para atingir os 15,53%, a prefeitura acertou a antecipação para agosto do aumento, que entraria em vigor em outubro.

Com a decisão, quem consome até 10 metros cúbicos de água, e paga tarifa mínima hoje de R$ 19,70, em setembro passará a desembolsar R$ 22,75.

Ao fim do encontro, o prefeito evidenciou o sucesso da negociação e lembrou que a retirada do INPC da composição da tarifa foi um compromisso assumido por ele com os vereadores da Capital.

Outra conquista, na avaliação do prefeito, foi a garantia de que os projetos continuarão para a melhoria e expansão das redes de abastecimento de água e de esgoto.

A Águas Guariroba confirmou o investimento, já em fase de carta consulta, no valor de R$ 144.491.637,80 até o ano de 2012.

Na noite desta sexta-feira, Nelsinho embarcou para São Paulo, onde amanhã deve se reunir com acionistas da concessionária para fechar os últimos detalhes da negociação e confirmar o congelamento da tarifa.

Esgoto - A equiparação da taxa de esgoto a de água estava prevista no contrato de concessão assinado em 2000, com o compromisso de aumento gradativo, desde que a empresa cumprisse metas de qualidade e desenvolvimento da rede.

Em 2007, a taxa deveria passar a 80% do valor da taxa de água, em 2008 subiria para 90% e neste ano alcançaria a equiparação em 100% das duas cobranças. Mas isso nunca foi alterado, apesar do cumprimento das metas. Agora, a clausula foi suprimida do contrato com a prefeitura.

Investimentos - O projeto com o maior investimento previsto é o de ampliação do sistema de abastecimento de água com 3.840 novas ligações domiciliares, que soma R$ 29,3 milhões já garantidos pela Caixa Econômica Federal.

Outro projeto será a complementação da Estação de Tratamento de Esgoto do bairro Los Angeles, no valor de R$ 22,6 milhões. Também estão programadas obras para ampliação da rede coletora em sete bairros e ampliação do sistema de abastecimento de água em outras 23 regiões da cidade, das Moreninhas ao Nova Lima.

Haverá a implantação da rede de abastecimento no Distrito de Anhanduí e ainda nos residenciais Oscar e Tavares.

A Águas assegurou o compromisso de investir no aumento da eficiência energética e melhorar pontos como planejamento e controle operacional e de atendimento ao público, em ações ao custo de R$ 14,7 milhões.

Empresas têm até 20 de dezembro para optar pela antecipação do eSocial
Empresas podem optar pela antecipação da implantação do Sistema de Escrituração Digital das Obrigações Fiscais, Previdenciárias e Trabalhistas (eSoci...
Prazo para regularizar débitos com fisco estadual vence na sexta-feira
Contribuintes que possuem débitos com o fisco estadual têm até sexta-feira (15) para aderirem ao Refis (Programa de Recuperação Fiscal) de Mato Gross...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions