A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

01/12/2017 16:34

Três municípios disputam investimento de R$ 200 milhões de cooperativa

Cooperalfa, de Chapecó (SC), quer instalar no Estado uma fábrica de ração para suínos e um centro de produção de matrizes; produção vai atender planta da Aurora em São Gabriel do Oeste

Humberto Marques
Prefeitos de Nova Alvorada do Sul e de Sidrolândia já discutiram com a Cooperalfa detalhes do empreendimento. (Foto: Divulgação)Prefeitos de Nova Alvorada do Sul e de Sidrolândia já discutiram com a Cooperalfa detalhes do empreendimento. (Foto: Divulgação)

 

A Semagro (Secretaria de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar), do governo do Estado, atua para garantir investimento de R$ 200 milhões em uma fábrica de ração para suínos e produção de matrizes suínas em Mato Grosso do Sul. Os municípios de Dourados, Sidrolândia e Nova Alvorada do Sul são potenciais sedes para o empreendimento.

O investimento é previsto pela Cooperalfa (Cooperativa Agroindustrial Alfa), de Chapecó (SC), e ainda será aprovado em assembleia dos cooperados. Além da fábrica de suínos, o empreendimento também será capaz de produzir 10 mil matrizes suínas. A produção vai atender a planta industrial da Aurora, em São Gabriel do Oeste, fortalecendo a cadeia produtiva da suinocultura no Estado.

O secretário Jaime Verruck, titular da Semagro, afirma que o interesse da Cooperalfa é resultado da política de atração de investimentos implementada no governo de Reinaldo Azambuja (PSDB). Em junho, o governo estadual lançou o Procoop (Programa Estadual de Desenvolvimento e Fortalecimento do Cooperativismo em Mato Grosso do Sul), elaborado em parceria com o Sistema OCB/MS. Em agosto foi apresentada a palestra “Mato Grosso do Sul: Próximo Destino de seus Investimentos em Suinocultura e Avicultura”, no Salão Internacional de Avicultura e Suinocultura.

“Essas duas ações já estão dando resultado. A procura da Cooperalfa por municípios em Mato Grosso do Sul para fazer um investimento de R$ 200 milhões é uma prova concreta de que estamos no caminho certo”, disse Verruck. “As cooperativas estão crescendo e Mato Grosso do Sul tem hoje disponibilidade de crédito para o setor e já atraiu grandes investimentos que já estão em andamento. A proposta da Cooperalfa está totalmente alinhada com nossa política de diversificação e adensamento de cadeias produtivas”, prosseguiu o secretário.

Adiantado – Na quinta-feira (30), o superintendente de Indústria, Comércio, Serviços e Turismo da Semagro, Bruno Gouvêa Bastos, participou de reunião em Nova Alvorada do Sul com o presidente da Cooperalfa, Romeo Bet, o prefeito Arlei Barbosa (PMDB), o secretário municipal de Desenvolvimento Econômico e Meio Ambiente), Otoniel Pereira Xavier, e o presidente da Câmara, Edir Alves Mesquita (PSD).

Na ocasião, Bet apresentou o investimento, que depende de uma área de 200 hectares. “O município que receber esse investimento previsto pela Cooperalfa irá se tornar um dos maiores matrizeiros do Estado. Estamos oferecendo todo o suporte necessário à cooperativa”, finalizou Bastos.

No mesmo dia, o prefeito de Sidrolândia, Marcelo Ascoli (PSL), e o deputado estadual e ex-diretor da Agraer (Agência Estadual de Desenvolvimento Agrário e Extensão Rural), Enelvo Felini, reuniram-se com diretores da Cooperalfa para ouvir detalhes do plano de investimento.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions