ACOMPANHE-NOS    
MAIO, SÁBADO  21    CAMPO GRANDE 14º

Educação e Tecnologia

Candidatos do Enem chegam 2 horas antes da abertura dos portões

Neste domingo, o candidato responde a 90 questões objetivas, além da redação dissertativa-argumentativa

Por Viviane Oliveira e Bruna Marques | 21/11/2021 11:39
Movimentação em frente à Unidade da Avenida Ceará, um dos locais de aplicação de prova do Enem em Campo Grande (Foto: Marcos Maluf) 
Movimentação em frente à Unidade da Avenida Ceará, um dos locais de aplicação de prova do Enem em Campo Grande (Foto: Marcos Maluf)

Na expectativa do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) 2021, alguns candidatos chegaram mais de duas horas antes da abertura dos portões da Uniderp, na Rua Ceará, um dos locais de aplicação de provas em Campo Grande. Em Mato Grosso do Sul, os portões abriram às 11h e fecham às 12h. As provas começam às 12h30.

A primeira a chegar, às 9h40, foi a candidata Maria Eduarda de Menezes Engles, 18 anos. Ela mora no Bairro Nova Serrana e chegou cedo porque o pai, que a levou de carro, estava muito ansioso.

Estreante no Enem, Maria Eduarda terminou o Ensino Médio no ano passado e pretende cursar faculdade de Arquitetura e Urbanismo. “Eu também estou um pouco ansiosa, é muita pressão da minha família e de mim mesma. Quanto à redação, ela se diz tranquila e acredita que o tema será sobre a pandemia. “Trouxe chocolate para dar energia”, contou.

Maria Eduarda chegou 2h20 antes da abertura dos portões (Foto: Marcos Maluf) 
Maria Eduarda chegou 2h20 antes da abertura dos portões (Foto: Marcos Maluf)

No primeiro dia do exame, o término será às 18h e no segundo dia, a prova será encerrada às 17h30. Neste domingo, o candidato responde a 90 questões objetivas, sendo 45 das disciplinas de Linguagens, Códigos e suas Tecnologias e outras 45 das disciplinas de Ciências Humanas e suas Tecnologias, além da redação dissertativa-argumentativa.

Debaixo de sol forte e disputando uma das sombras, Nathani Roberta Rodrigues Rojes, 18 anos, chegou às 10h, uma hora mais cedo, para não ter perigo de perder o horário. Ela também vai fazer o Enem pela primeira vez e pretende cursar Medicina Veterinária. “Venho me preparando desde o começo do ano, mas como é a primeira vez não tenho muita expectativa. Estou fazendo mais como experiência".

 Nathany  quer cursar Medicina Veterinária (Foto: Marcos Maluf) 
 Nathany  quer cursar Medicina Veterinária (Foto: Marcos Maluf) 

Com apenas uma garrafinha de água na mão, a estudante diz que quando fica nervosa não consegue comer. “O que mais me assusta é a área de Exatas, mais do que a redação”, destacou. Quanto à redação, ela estudou bastante sobre a questão ambiental, pandemia, mas acredita que são temas que não vão cair por serem muito óbvios.

No 3º ano do Ensino Médio, aos 17 anos, Kaylo Sato, já tem experiência e faz o Exame pela terceira vez. Ela mora no Bairro São Lourenço e antes da abertura dos portões já estava em frente à Uniderp aguardando para poder entrar.

“Vim mais cedo porque achei que ia ter trânsito”, contou. A estudante vai tentar uma das vagas para Psicologia em Santa Catarina. “Ano passado fiz treineira. Fui bem na redação com 800 pontos.  Fui bem também na área de humanas também, mas as matérias que me dão medo são matemática e química”, destacou.

Kaylo usa como técnica para se manter calma, respirar fundo e  mascar chiclete “porque o psicológico conta bastante. “Estou confiante”. Ela levou água e lanche para fazer a prova com tranquilidade.

Edson acompanhando a filha, Isadora. (Foto: Marcos Maluf)
Edson acompanhando a filha, Isadora. (Foto: Marcos Maluf)

Acompanhada pelo pai, Isadora Cessel dos Anjos, 17 anos, vai fazer a prova pela primeira vez. “Estou muito nervosa, mas confiante”, contou. Preparada com água, chocolate e uva para enfrentar horas de prova, a candidata pretende cursar Direito no próximo ano.

“Vim para trazer tranquilidade. Com a proteção de Deus vai dar tudo certo. É normal o nervosismo, mas acho que ela está pronta. É uma nova etapa, fundamental na vida dela. Sem estudo não fazemos nada”, pontuou o funcionário público Edson Pedro dos Anjos, 57 anos.

O Enem segue no próximo domingo (28), quando os candidatos farão as provas de matemática e ciências da natureza.

O exame seleciona estudantes para vagas do ensino superior públicas, pelo Sisu (Sistema de Seleção Unificada), para bolsas em instituições privadas, pelo Prouni (Programa Universidade para Todos), e serve de parâmetro para o Fies (Fundo de Financiamento Estudantil). Os resultados também podem ser usados para ingressar em instituições de ensino portuguesas que têm convênio com o Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira).

Nos siga no Google Notícias