A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 19 de Fevereiro de 2019

27/01/2019 10:42

Com História do Ateísmo, UFMS oferece disciplina inédita no Brasil

A matéria, que é opcional, faz parte do curso de História do Campus de Nova Andradina e vai tratar de questões filosóficas e científicas

Tatiana Marin
Campus de UFMS em Nova Andradina. (Foto: Reprodução/UFMS)Campus de UFMS em Nova Andradina. (Foto: Reprodução/UFMS)

A UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul) vai oferecer no primeiro semestre letivo de 2019 a disciplina História do Ateísmo no curso de História do campus de Nova Andradina. A matéria será opcional e vai abordar questões filosóficas, deixando de lado visões religiosas.

Segundo o coordenador do curso, professor Fábio da Silva Sousa, a disciplina, além de ser opcional, não será regular, ou seja, será oferecida apenas no semestre de 2019, conforme demanda de alunos e professores.

Ele ressalta que a disciplina não foi criada devido a questões polêmicas e foi aprovada levando em consideração os os parâmetros que regem a universidade, que são científicos e filosóficos. O professor Fábio declara que diversos alunos seguidores de religiões, inclusive cristãs, estão interessados no curso.

Idealizada pelo professor Ricardo Oliveira da Silva, a disciplina vai abordar novas formas de pensar em questões filosóficas. “Trata-se, até onde se investigou, da primeira disciplina sobre história do ateísmo de um curso de graduação de uma universidade brasileira”, informou o professor Ricardo em nota.

Para o professor que irá ministrar a disciplina, pesquisas sobre religião e religiosidade estão consolidadas no meio acadêmico, porém são escassos no Brasil os estudos históricos sobre o ateísmo.

Segundo ele, a disciplina História do Ateísmo visa abrir um espaço de discussão na universidade para as ideias de um segmento que está ganhando maior representatividade social no país, já que nos dados do Censo do IBGE de 2010, o percentual de indivíduos que se declararam sem religião ultrapassou 8% da população, sendo que na década de 1980 esse percentual era de apenas 1%.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions