ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
JULHO, SEGUNDA  15    CAMPO GRANDE 19º

Educação e Tecnologia

"Enem dos concursos" já supera os 200 mil inscritos

As taxas para participar do CPNU são de R$ 90 para cargos de nível superior e R$ 60 para cargos de nível médio

Por Gabriel de Matos | 20/01/2024 20:20
Estudante preenchendo gabarito de prova com lápis (Foto: Ilustrativa)
Estudante preenchendo gabarito de prova com lápis (Foto: Ilustrativa)

Nas primeiras 24 horas desde a abertura das inscrições para o CPNU (Concurso Público Nacional Unificado), um impressionante número de 217 mil candidatos inscritos. As inscrições foram iniciadas às 10h (de Brasília) da última sexta-feira (19) e permanecerão disponíveis até o dia 9 de fevereiro.

Aqueles que desejam solicitar isenção da taxa de inscrição têm até o dia 26 de janeiro para solicitar. As taxas para participar do CPNU são de R$ 90 para cargos de nível superior e R$ 60 para cargos de nível médio.

Até o momento, o número de inscrições por bloco temático é o seguinte:

  • Bloco 1 – Infraestrutura, Exatas e Engenharias: 7.788 inscrições
  • Bloco 2 – Tecnologia, Dados e Informação: 7.476 inscrições
  • Bloco 3 – Ambiental, Agrário e Biológicas: 7.682 inscrições
  • Bloco 4 – Trabalho e Saúde do Servidor: 31.671 inscrições
  • Bloco 5 – Educação, Saúde, Desenvolvimento Social e Direitos Humanos: 27.422 inscrições
  • Bloco 6 – Setores Econômicos e Regulação: 6.611 inscrições
  • Bloco 7 – Gestão Governamental e Administração Pública: 36.177 inscrições
  • Bloco 8 – Nível Intermediário: 93.453 inscrições

O Concurso Público Nacional Unificado é uma inovação do Ministério da Gestão e da Inovação em Serviços Públicos. Este novo modelo consiste na realização conjunta de concursos públicos para o preenchimento de cargos públicos efetivos em órgãos e entidades da Administração Pública Federal direta, autárquica e fundacional.

Instabilidade - A procura nesta sexta-feira foi tamanha que a plataforma única de inscrições ficou instável durante a manhã, devido à quantidade de acessos simultâneos. O problema foi resolvido durante a tarde de ontem.

O concurso vai selecionar 6.640 candidatos para lotação em 21 órgãos públicos federais. As provas serão aplicadas no dia 5 de maio, em 220 cidades, distribuídas em todos os estados e no Distrito Federal. Os resultados deverão ser divulgados em 30 de julho.

Em Mato Grosso do Sul, as provas vão ser aplicadas em quatro cidades: Campo Grande, Dourados, Corumbá e Três Lagoas. Os salários variam de R$ 3,7 mil a R$ 22 mil.

As vagas são para exercício de funções públicas na Capital, com 10 cargos disponíveis, cargos como Analista de Planejamento, Gestão e Infraestrutura em Informações Geográficas e Estatísticas, com especialidade em Geoprocessamento; Tecnologista em informações geográficas e estatísticas, com especialidade em geoprocessamento e gestão em pesquisa.

Também há oportunidades para o cargo de analista em reforma e desenvolvimento agrário, com especialidade nas áreas de engenharia civil, de agrimensura e cartográfica.

Salários – Cada cargo possui uma especificidade nos salários. Infraestrutura, Exatas e Engenharia: R$ 5.212,29 a R$ 20.924,80; Tecnologia, Dados e Informação: R$ 5.212,29 a R$ 20.924,80. Ambiental, Agrária e Biológicas: R$ 5.212,29 a R$ 20.924,80.

Trabalho e Saúde do Servidor: R$ 4.407,90 a R$ 22.921,71. Educação, Saúde, Desenvolvimento Social e Direitos Humanos: R$ 5.488,70 a R$ 11.186,69. Setores Econômicos e Regulação: R$ 7.736,77 a R$ 20.924,80. Gestão Governamental e Administração Pública: R$ 6.761,72 a R$ 9.252,40. Nível Intermediário: R$ 4.008,24 a 8.469,89.

Dos oito editais, o último tem vagas que exigem nível médio. Os links dos editais podem ser conferidos aqui: Edital 1; Edital 2; Edital 3; Edital 4; Edital 5; Edital 6; Edital 7; Edital 8.

Receba as principais notícias do Estado pelo Whats. Clique aqui para acessar o canal do Campo Grande News.


Nos siga no Google Notícias