ACOMPANHE-NOS    
SETEMBRO, SEXTA  24    CAMPO GRANDE 27º

Educação e Tecnologia

No 1º ano de pandemia, 1,5 mil abandonaram Rede Municipal

Rede Municipal voltou com aulas presenciais nesta semana na Capital

Por Adriel Mattos | 30/07/2021 17:11
Secretária municipal de Educação, Elza Fernandes. (Foto: Kísie Ainoã)
Secretária municipal de Educação, Elza Fernandes. (Foto: Kísie Ainoã)

O primeiro ano da pandemia de Covid-19 foi marcado por dificuldades na educação de todas as etapas. A adaptação ao ensino remoto em Campo Grande afastou 1,5 mil alunos do 1º ao 9º do ensino fundamental na Reme (Rede Municipal de Ensino), segundo a Semed (Secretaria Municipal de Educação).

“No ano passado, de 85 mil alunos, tivemos 1,5 mil que se evadiram, que não procuraram atendimento, que não entregaram as atividades. Esse ano, as matrículas se mantiveram e não temos números de evasão”, afirmou a secretária Elza Fernandes, nesta sexta-feira (30).

Atualmente, a Reme tem 109 mil alunos matriculados, incluindo aqueles das Emeis (Escolas Municipais de Educação Infantil). A evasão das Emeis não é medida pela frequência não ser obrigatória.

Retomada - Nesta semana, a Semed retomou gradualmente as aulas presenciais, após um ano e quatro meses de ensino remoto. A pasta permitiu que os pais escolhessem enviar ou não os filhos à escola.

Hoje, a secretária e o prefeito Marquinhos Trad avaliaram como positiva a primeira semana de aulas presenciais. Ambos destacaram que 80% dos pais autorizaram o retorno presencial dos filhos às salas de aula, de forma escalonada, mas não souberam informar quanto isso representa em números absolutos.

Também disseram que já nesta primeira semana, outros pais e responsáveis procuraram as escolas para solicitar a inclusão dos filhos no modelo presencial, no entanto, a autorização não é dada de imediato, sendo necessário analisar a quantidade de alunos por sala em cada turma.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário