ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
JUNHO, DOMINGO  16    CAMPO GRANDE 24º

Educação e Tecnologia

Maioria dos alunos pretende poupar primeiros R$ 200 do "Pé-de-Meia"

Os primeiros R$ 200 do programa "Pé-de-Meia" estarão disponíveis para saque a partir desta terça-feira

Por Gabriel de Matos e Geniffer Valeriano | 26/03/2024 14:43
Estudantes em frente à Escola Hercules Maymone em Campo Grande (Foto: Paulo Francis)
Estudantes em frente à Escola Hercules Maymone em Campo Grande (Foto: Paulo Francis)

Os estudantes nascidos em janeiro e fevereiro poderão sacar nesta terça-feira (26) os primeiros R$ 200 do programa "Pé-de-Meia". Muitos deles não sabiam se teriam direito ao benefício do Governo Federal e outros destacaram que o recurso já tem finalidade.

O "Pé-de-Meia" é como uma poupança concedida a estudantes. Ela garante R$ 200 a cada matrícula, que podem ser sacados a qualquer momento, e dá a possibilidade de receber R$ 1.800 por ano, a depender da frequência nas aulas, que precisa ser de 80%.

Estão previstos, ainda, um bônus de R$ 200 pela inscrição no Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) e mais três parcelas anuais de R$ 1.000 para os estudantes, valor que poderá ser retirado somente após a conclusão de cada um dos três anos do Ensino Médio.

Matriculado no 2º ano da Escola Estadual Joaquim Murtinho, em Campo Grande, o estudante Jorge da Silva, de 15 anos, citou que conversou com a mãe sobre a destinação do valor. "Eu vou receber, mas vou guardar para a faculdade. Conversei com a minha mãe e ela disse para deixar guardado. Por mim eu gastaria comprando alguma coisa", explicou.

Estudante Jorge em entrevista na frente da Escola Joaquim Murtinho (Foto: Paulo Francis)
Estudante Jorge em entrevista na frente da Escola Joaquim Murtinho (Foto: Paulo Francis)

A estudante Vitória Rocha, de 15 anos, também está na escola na região central. Para ela, o dinheiro do programa será um incentivo na continuidade dos estudos. "Eu juntaria para algo no futuro. Não iria gastando todo mês. O programa era realmente necessário. Ninguém gosta de ir para escola, agora tem incentivo".

 Gabrielly Fernanda, de 14 anos, disse que não sabe se está contemplada pelo programa "Pé-de-Meia". Porém, ela afirmou que juntaria para gastar no final do ano. "Eu compraria roupas ou juntaria para meu material escolar no ano que vem".

Gabrielly Fernanda em entrevista ressaltou que juntaria o dinheiro (Foto: Paulo Francis) 
Gabrielly Fernanda em entrevista ressaltou que juntaria o dinheiro (Foto: Paulo Francis)

Em tom de brincadeira, a estudante Raquel Gonçalves, de 16 anos, afirmou que compraria uma camisa de time. "Eu ainda não vou receber amanhã, só em abril. Eu já falei para minha família que quero uma camisa do Flamengo".

Victor Rocha, de 14 anos, é mais um que não tem ideia do que fará com o dinheiro no momento. "Eu não sei se vou receber, vou pesquisar ainda. Mas se tiver, vou deixar guardado para faculdade. Eu não cheguei a conversar com meus pais. Esse dinheiro ajudaria".

Já Caio Nascimento, de 17 anos, finalizará o 3º ano em 2024. Ele nasceu em maio e receberá na próxima sexta-feira (28) o incentivo-matrícula. "Eu combinei com minha família que vou gastar metade indo ao shopping em abril. Depois quero juntar para comprar um celular".

Estudantes em frente à Escola Estadual Joaquim Murtinho, em Campo Grande (Foto: Paulo Francis)
Estudantes em frente à Escola Estadual Joaquim Murtinho, em Campo Grande (Foto: Paulo Francis)
Campo Grande News - Conteúdo de Verdade

Receba as principais notícias do Estado pelo Whats. Clique aqui para acessar o canal do Campo Grande News e siga nossas redes sociais.

Nos siga no Google Notícias