ACOMPANHE-NOS    
JUNHO, QUINTA  17    CAMPO GRANDE 21º

Educação e Tecnologia

Pandemia atrasa calendário e alunos de Medicina terão de recuperar aulas

Calendário do 1º semestre deve começar em junho

Por Tainá Jara | 10/05/2021 12:59
Sede da UEMS, em Campo Grande, onde é ofertado o curso de Medicina c(Foto: Arquivo)
Sede da UEMS, em Campo Grande, onde é ofertado o curso de Medicina c(Foto: Arquivo)

O calendário do curso de Medicina da UEMS (Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul) precisou ser adequado para evitar danos pedagógicos em decorrência das alterações necessárias durante a pandemia.

Novas datas foram publicadas na edição da última sexta-feira, do Diário Oficial do Estado, e vai impactar os alunos de 1° e 4° ano. Atividades do 1º semestre estão previstas para começar em junho deste ano. O ano letivo, de fato, com a oferta de aulas começará no dia 2 de agosto.

Já as atividades do 2º semestre, como férias de discentes e alunos, estão previstas para ocorrer em fevereiro de 22.

Em nota, a UEMS afirmou que o novo calendário uma readequação com o objetivo de reestruturação pedagógica do curso, que teve danos pedagógicos e de aproveitamento dos alunos, com a pandemia.

A reestruturação causa um atraso para os alunos do 1º ao 4º ano, mas que será recuperada gradualmente ao longo do curso. Os alunos do 5º e 6º ano, que são as turmas de estágio prático, não terão atraso no calendário.

O curso de Medicina da UEMS é oferecido no campus de Campo Grande, desde 2016. A primeira turma se formou no final do ano passado e tinha 47 médicos de 14 estados brasileiros. Desde o ano passado, as universidades adotaram o regime de trabalho remoto, em razão da pandemia.

Em Mato Grosso do Sul, 257.369 pessoas foram contaminados pelo coronavírus, sendo que 6.044 morreram. Campo Grande responde por 40% dos casos registrados.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário