ACOMPANHE-NOS    
MAIO, SÁBADO  28    CAMPO GRANDE 25º

Enquetes

Maioria apoia que governo abra processo de privatização da Petrobras

Acionista majoritária, União discute se estatal pode ser integralmente repassada à iniciativa privada

Por Adriel Mattos | 14/05/2022 08:49
Edifício-sede da Petrobras, no Rio de Janeiro. (Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil)
Edifício-sede da Petrobras, no Rio de Janeiro. (Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil)

A maioria dos leitores do Campo Grande News é favorável à iniciativa do governo federal de privatizar a Petrobras. Enquete de sexta-feira (13) apontou que 54% concordam com a medida.

Os outros 46% discordam da ideia. É o caso da leitora Marly Salomão, que comentou na página do jornal na rede social Facebook. “Jamais vender porque gera lucros milionários, tem que rever a política de paridade de importação e os lucros dos acionistas”, opinou.

Edilson Bittencourt também não acredita que esta seja a solução. “Tornar o monopólio de público para privado não resolve nada”, acredita. Já Luiz Henrique Jaques Araújo apoia a privatização, apesar de enxergar que pouco mudará.

“Sou a favor de privatizar sim, mas sabendo que não vai baixar o preço, isso é fato”, avalia. William de Azevedo é outro leitor que defende a iniciativa. “Já devia ter vendido. De que adianta ser estatal e não atender aos anseios do povo?”, questionou.

Campo Grande News - Conteúdo de Verdade

Entenda – O novo ministro de Minas e Energia, Adolfo Sachsida, falou na quarta-feira (11) que encomendaria estudos para desestatizar a Petrobras. “Espero que, no período mais rápido de tempo possível, nós tenhamos essa resolução pronta e levemos para o presidente da República, Jair Bolsonaro (PL), assinar esse decreto e começar esse processo."

O titular da Economia, Paulo Guedes, disse que encaminhará “imediatamente” o pedido para fazer uma resolução. Contudo, segundo apuração do site Poder360, o presidente cogitaria a privatização caso seja reeleito em um segundo mandato.

A Petróleo Brasileiro S.A., conhecida por Petrobras, é uma empresa de capital aberto, cujo acionista majoritário é o governo federal do Brasil, o que a torna uma estatal de economia mista. Ela foi fundada em 1953, pelo então presidente Getúlio Vargas, e tem como função a exploração de petróleo, gás natural e energia.

Nos siga no Google Notícias