ACOMPANHE-NOS    
AGOSTO, QUINTA  18    CAMPO GRANDE 21º

Enquetes

Maioria é favorável à retirada de infração a condutor cometida por passageiros

Segundo projeto, para garantir a aplicação da penalidade o passageiro deverá ser devidamente identificado

Por Mariely Barros | 30/07/2022 07:37
Fluxo de veículos na Rua Marechal Rondon em Campo Grande. (Foto: Arquivo/Marcos Maluf)
Fluxo de veículos na Rua Marechal Rondon em Campo Grande. (Foto: Arquivo/Marcos Maluf)

Cerca de 70% dos participantes da enquete desta sexta-feira(29), votaram a favor do projeto de Lei 1536/22 que altera o Código de Trânsito Brasileiro para estabelecer que o condutor não responderá por infrações de trânsito cometida por passageiros, como deixar de usar o cinto de segurança, por exemplo.

“Com certeza, eu passei por isso, a passageira me deu dinheiro pra pagar a corrida e quando fui pega troco abriu a porta acertou outro veículo”, relatou o motorista de aplicativo Juliano Soares da Silva.

Outros 20% votaram que não concordam com o projeto. Para o leitor Aníbal Roberto Duarte, as infrações cometidas dentro do veículo são de responsabilidade do condutor. “O motorista é responsável pelo carro. Se o passageiro não quer usar o cinto (exemplo) manda descer do veículo”, opinou. Já para 10% dos participantes, a aprovação do projeto é indiferente.


Nos siga no Google Notícias