A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

21/08/2009 14:36

Escritora lança livro infantil sobre história da Capital

Redação

A escritora Sandra Andrade lança no próximo dia 28 (sexta-feira) um livro sobre a história de Campo Grande, destinado ao público infantil.

O lançamento do livro "Campo Grande: cidade morena", será a partir das 14 horas no Instituto Historio e Geográfico de Mato Grosso do Sul, auditório Acyr Vaz Guimarães, que fica na rua Calógeras, 3000, Esplanada da Ferrovia.

O livro, que conta com ilustrações de Lelo e foi publicado pela Cortez Editora, é uma homenagem aos 110 anos de Campo Grande.

A publicação faz parte da coleção "Nossa Capital" da editora paulista. A editora seleciona autores ligados à história regional de cada capital dos Estados do Brasil para escrever um livro infantil sobre as cidades.

"A coleção, escrita por especialistas de cada capital, é um material interdisciplinar que promove a valorização e o respeito à identidade nacional e às diversidades culturais que fazem do brasileiro um povo único", explica Elaine Nunes, gerente de marketing da Cortez.

O texto do livro sobre a capital sul-mato-grossense é leve e agradável, como uma conversa informal, uma história contada no quintal da casa de uma avó, mas é informativo e repleto de referências. As ilustrações realistas e coloridas são carregadas de emoção.

O livro tem o objetivo de despertar nas crianças e jovens o hábito da leitura, a valorização e o respeito às diversidades culturais e, principalmente, promover a construção da cidadania com base no conhecimento, na formação cultural crítica, consciente e reflexiva perante a realidade e na construção do futuro. O livro foi escrito com base em muita pesquisa com documentos e fontes.

"Meus últimos livros infantis publicados foram de fábulas, poesia e humor. Nos meus outros textos, os elementos regionais sempre estiveram presentes, às vezes de uma forma mais óbvia ou como uma inspiração não revelada. Mas foi a primeira vez que um projeto reuniu o meu gosto por contar histórias, minha paixão pela nossa região e a responsabilidade de educadora em um livro. Foi uma honra", comenta Sandra.

"Sei da importância das pessoas conhecerem a sua história para que possam se desenvolver como agentes, protagonistas da sua realidade. E começar cedo, na infância, é o ideal".

Sandra Andrade é filósofa, contadora de histórias e professora de história.

Mega-Sena pode pagar R$ 39 milhões no sorteio deste sábado
A Mega-Sena deste sábado (16), que está acumulada, pode pagar R$ 39 milhões para quem acertar os seis números. O concurso 1.997 ocorre às 20 horas, h...
MEC deve homologar Base Comum Curricular na próxima quarta-feira
O Ministério da Educação informou que a Base Nacional Comum Curricular (BNCC), aprovada hoje (15) pelo Conselho Nacional de Educação (CNE), deve ser ...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions