A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 11 de Dezembro de 2018

06/11/2018 09:40

Aos 59 anos, morre Neneca, ex-goleiro do Operário e Comercial

Neneca passou mal em casa e foi socorrido, mas sofreu uma parada cardíaca ainda na ambulância e não resistiu

Viviane Oliveira
Neneca em um dos lugares em que mais gostava de estar, no campo  (Foto: reprodução/Facebook) Neneca em um dos lugares em que mais gostava de estar, no campo (Foto: reprodução/Facebook)
Neneca faleceu nesta manhã, vítima de infarto (Foto: reprodução/Facebook) Neneca faleceu nesta manhã, vítima de infarto (Foto: reprodução/Facebook)
Neneca no Galo, em 1985  (Foto: reprodução/Facebook) Neneca no Galo, em 1985 (Foto: reprodução/Facebook)

Vítima de infarto, morreu às 7h10 desta terça-feira (6), aos 59 anos, Jorge Guarani Queiroz, o Neneca, ex-goleiro do Operário e Comercial na década de 80.

Neneca passou mal em casa e foi socorrido pelo Corpo de Bombeiros, mas sofreu uma parada cardíaca ainda na ambulância e não resistiu. Os socorristas ainda tentaram reanimá-lo por 30 minutos, mas sem sucesso, segundo Anderson Ramos, diretor executivo do Operário. O Corpo do ex-goleiro foi levado à UPA (Unidade de Pronto Atendimento) do Bairro Universitário.

O velório será no período da tarde no Centro Comunitário da Cohab localizado na Avenida Agripino Grieco, nº 667, no Bairro Universitário. O local do sepultamento ainda não foi confirmado.

Para o presidente do Operário, Estevão Petrallas, Neneca foi exemplo de profissional multiuso e serviu de espelho para muita gente.“O operário está muito triste com o falecimento do Neneca. Ele se envolvia em várias funções. Era um profissional multiuso, goleiro, atleta e treinador. Deixou um passado passado de glória na diretória do clube”, disse.

Nascido em Porto Alegre (RS), Neneca começou a sua carreira de goleiro com apenas 9 anos nas categorias de base do Internacional. Se profissionalizou e jogou em grandes clubes do futebol brasileiro. Em 2008, começou o trabalho como preparador de goleiro do Operário, onde foi técnico interino em algumas oportunidades.

O ex-goleiro também integrou as equipe do Cene, além do Comercial, e tinha projeto social em um bairro de Campo Grande. Atualmente, era membro do Conselho Deliberativo do Operário.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions