A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

01/02/2011 13:50

Apesar da crise no Vasco, diretoria do Comercial prega cautela para duelo

Marcio Breda
Comercial treina todos os dias para duelo contra o vasco e entrará em campo com cautela, apesar da crise do rival. Comercial treina todos os dias para duelo contra o vasco e entrará em campo com cautela, apesar da crise do rival.

Apesar do Vasco ter perdido quatro partidas seguidas no campeonato Carioca, atravessar uma grave crise e de estar sem técnico há 22 dias da estréia na Copa do Brasil, o presidente do Comercial, Carlos Alberto Assis, garante que o Colorado entrará em campo com cautela contra um adversário que tem em seu histórico grande capacidade de reação.

Para Assis, o Comercial colocará em campo um time brigador, que jogará com raça, deixando o futebol bonito para “outra oportunidade”. “Queremos a vaga e acreditamos nela. Não porque o Vasco está em crise. Mas porque o Comercial está focado, trabalha e treina forte para isso”, disse em entrevista após reunião técnica da segurança para o jogo.

Nos últimos dias a diretoria do Vasco fez convites para o treinador português Carlos Queiróz, para Abel Braga, Paulo Autuori, Oswaldo de Oliveira e para o ex-técnico da Seleção Brasileira, Dunga. Todos recusaram. O salário oferecido para o ex-treinador do Brasil chegou a R$ 400 mil, quatro vezes o custeio mensal de toda a estrutura do Comercial.

"Queremos um treinador que tenha uma larga experiência, que possa se traduzir em liderança, porque é disso que carece o nosso grupo. Estamos vendo jogadores com queda de rendimento, não pela parte técnica, mas pela insegurança, cobrança. Todos estão inseguros", explicou o diretor de futebol Rodrigo Caetano, em entrevista coletiva na manhã de hoje.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions