A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 12 de Novembro de 2018

18/11/2012 15:48

Após conquistar pole, dupla vence GT3 e mantém liderança

Paula Maciulevicius
No podium, Duda Rosa e Cleber Faria, seguido do segundo e terceiro lugar. (Foto: Simão Nogueira)No podium, Duda Rosa e Cleber Faria, seguido do segundo e terceiro lugar. (Foto: Simão Nogueira)

Os líderes da GT3, Duda Rosa e Cleber Faria venceram hoje a etapa de Campo Grande do Campeonato Brasileiro de Gran Turismo, pela Mercedes Benz. Com a quarta vitória na temporada, a dupla abriu vantagem na corrida pelo título, com 163 pontos, enquanto Cacá Bueno e Cláudio Dahruj, pela BMW, mantiveram o segundo lugar, com 148 pontos. Na etapa deste domingo, Cacá ficou na 4ª colocação.

Fechando a temporada em Campo Grande, chegaram em segundo lugar Sérgio Jimenez e Paulo Bonifácio, também de Mercedes e em terceiro, Allam Khodair e Marcelo Hahn, de Lamborghini, que fizeram a melhor volta da etapa.

O Autódromo Internacional de Campo Grande foi palco para a corrida dos carros de luxo neste final de semana. Debaixo de sol quente e temperatura marcando acima dos 35°C, os pilotos realizaram a sexta etapa do campeonato, que agora segue para as duas últimas a serem realizadas em Cascavel no Paraná, no próximo dia 2 e em Interlagos, São Paulo.

Duda Rosa e Cleber Faria largaram na pole position o que de cara, para Duda representava grandes chances de ganhar. “Era jogar água fria no concorrente. Eu me mantive concentrado, a pista estava difícil, muita sujeira. Aqui o importante é não errar”, ressaltou Duda.

Sobre a avaliação desta etapa para o campeonato, Duda disse que o resultado abriu mais a liderança e que o importante era chegar à frente de Cacá Bueno.

Como Campo Grande só foi sede desta etapa dentro do calendário de eventos automobilísticos nacionais, o estado do autódromo não passou desapercebido pelos pilotos. A dificuldade na pista exigiu esforço máximo para não errar.

Depois da etapa em Campo Grande, campeonato segue para Cascavel e Interlagos. (Foto: Simão Nogueira)Depois da etapa em Campo Grande, campeonato segue para Cascavel e Interlagos. (Foto: Simão Nogueira)

“É muito perigoso. Não pode errar, só de andar já levanta pedra. O traçado da pista é muito legal, todos os pilotos gostam, se sentem desafiados, mas aqui o negócio é asfalto. Não tem condição se não tiver investimento e não tem condições de ter as principais provas do País”, declarou Duda.

A única chance de ver uma corrida nacional neste ano fez o público sair de casa, mesmo com o calor. No entanto, o trânsito fluiu normalmente, sem congestionamentos e um ir e vir de carros timidamente.

Eder Arruda, 39 anos, viajou de Miranda a Campo Grande para assistir a corrida. “Vim, assisti e já estou voltando. Foi excelente e com certeza tem que prestigiar”, disse.

O casal Paulo Barbosa e Cinthia Santos Pereira também citaram este como sendo o último evento do ano na cidade que deixou de receber a etapa da Stock Car e Fórmula Truck.

“Com a nova prefeitura vamos então saber como é que fica. O asfalto do autódromo precisa ser recapeado, está soltando e os pilotos exigem também que construa um muro para caso aconteça algum acidente, não ultrapassar a pista”, comentaram.

Paulo completou dizendo que apesar das condições do autódromo, Campo Grande é um circuito muito bom por ser central.

Classificação – Com o fechamento da etapa em Campo Grande, Duda Rosa e Cleber faria lideram com 163 pontos, seguidos de Cacá Bueno e Cláudio Dahruj, com 148, Allam Khodair e Marcelo Hahn, com 144, seguido de Renan Guerra e Vanuê Faria, com 130 e Sérgio Jimenez e Paulo Bonifácio, com 127.



Em Rondonopolis MT, estão construindo uns dos melhores autodromos da america latina, se em C. Grande não tomarem providencias de melhorar o autodromo, pra onde vão as melhores provas nacionais?
 
DIVINO RIBEIRO em 19/11/2012 12:03:49
uhauahaauh nem o asfalto do autódromo presta....
 
Milton Rocha em 19/11/2012 10:45:11
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions