A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 22 de Outubro de 2019

14/06/2019 09:30

Após preparação tumultuada, Brasil estreia na Copa América contra a Bolívia

Time verde-amarelo busca sua nona conquista na história da principal competição continental entre seleções das Américas

Jones Mário
Equipe do técnico Tite fez seu último treino ontem, no gramado do Morumbi (Foto: Pedro Martins/Mowa Press)Equipe do técnico Tite fez seu último treino ontem, no gramado do Morumbi (Foto: Pedro Martins/Mowa Press)

A seleção brasileira começa a saga por seu nono título da Copa América na noite de hoje, quando encara a Bolívia no Morumbi, em São Paulo (SP), pela primeira rodada da fase de grupos. A partida começa às 20h30min (MS).

Comandada pelo técnico Tite, a equipe nacional teve bastidores tumultuados nas semanas anteriores. Ainda na primeira fase de treinamentos, realizados na Granja Comary, em Teresópolis (RJ), uma denúncia de estupro contra o atacante Neymar desestabilizou a preparação do time.

Logo no primeiro amistoso, diante do Catar, em Brasília (DF), o camisa 10 sofreu entorse no pé direito e deixou o campo no primeiro tempo. Pouco depois da vitória por 2 a 0, a CBF (Confederação Brasileira de Futebol) confirmou o corte do jogador. Exames apontaram rompimento no ligamento do tornozelo lesionado. O meia-atacante Willian, do Chelsea-ING, foi o escolhido para a vaga de Neymar.

Os comandados de Tite ainda venceram a seleção de Honduras por 7 a 0, no Beira-Rio, em Porto Alegre (RS), no último jogo preparatório antes da estreia.

O Brasil não terá o meio-campista Arthur para o confronto de hoje. O atleta do Barcelona-ESP ainda se recupera de uma pancada no joelho direito. Tite não confirmou o substituto. As opções para a posição são Allan e Fernandinho. A tendência é que o segundo comece a partida ao lado de Casemiro.

Uma provável escalação da equipe verde-amarela tem Alisson; Daniel Alves, Thiago Silva, Marquinhos e Filipe Luís; Casemiro, Fernandinho e Philippe Coutinho; Richarlison, David Neres e Roberto Firmino.

A Bolívia, do técnico Eduardo Villegas, mira seu segundo título de Copa América. A única conquista foi em 1963, em casa.

O time do país vizinho deve atuar com Carlos Lampe; Diego Bejarano, Luis Haquin, Adrián Jusino e Marvin Bejarano; Leonel Justiniano, Fernando Saucedo, Raúl Castro e Erwin Saavedra; Alejandro Chumacero e Marcelo Moreno.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions