A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 20 de Julho de 2018

27/02/2017 09:42

Arbitragem toda feminina para a estreia do Operário na Copa Verde 2017

Paulo Nonato de Souza
A carioca Rejane Caetano da Silva vai apitar o jogo de estreia do Operário na Copa Verde, domingo, dia 5, no Morenão (Foto: Divulgação)A carioca Rejane Caetano da Silva vai apitar o jogo de estreia do Operário na Copa Verde, domingo, dia 5, no Morenão (Foto: Divulgação)

A carioca Rejane Caetano da Silva é quem vai comandar a arbitragem do jogo de estreia do Operário de Campo Grande na Copa Verde 2017, contra o Luziania, de Goiás, no próximo domingo, dia 5, às 15 horas, no Estádio Morenão.

No jogo entre Operário e Luziânia pela primeira rodada da competição regional, em Campo Grande, Rejane terá nas laterais do campo as assistentes Vaneide Vieira de Góis, do Sergipe, e Sandra Maria Dawies, do Paraná. O único homem da equipe de arbitragem na partida estará no papel de quarto árbitro, o sul-mato-grossense Thiago de Alencar Gonzaga.

Aspirante ao quadro da Fifa, Rejane Caetano da Silva é considerada uma revelação da arbitragem de futebol no Brasil. Em dezembro, ela participou de curso teórico-prático da Comissão de Árbitros da Conmebol (Confederação Sul-Americana de Futebol), em Montevidéo, e antes, no mês de setembro, já havia participado de curso da Fifa para Árbitros de Elite promovido pela Escola Nacional de Arbitragem da CBF (Confederação Brasileira de Futebol).

Rejane Caetano da Silva é casada com o também árbitro, o carioca André Rodrigo Rocha, contratado da Federação Tocantinense de Futebol.

 



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions