A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

25/06/2012 10:25

Atletas e árbitro de MS estão garantidos no Mundial de Luta de Braço

Gabriel Neris

São Vicente (SP) recebe no mês de setembro lutadores de todo o mundo. Mato Grosso do Sul tem sete atletas garantidos.

Carlos Dias, Magno Brito e Emídio Júnior se preparam para Mundial (Foto: Rodrigo Pazinato)Carlos Dias, Magno Brito e Emídio Júnior se preparam para Mundial (Foto: Rodrigo Pazinato)

Mato Grosso do Sul terá representantes no Campeonato Mundial de Luta de Braço, que vai ocorrer no período de 9 a 17 de setembro, em São Vicente (SP). Além de sete atletas já garantidos, o estado também contará com o árbitro sul-mato-grossense Magno de Brito. Serão apenas dois árbitros brasileiros na competição.

Brito explica que a função do árbitro na Luta de Braço não é apenas indicar o vencedor do confronto. “O árbitro avalia a postura do atleta, se está no posicionamento correto”, resume o árbitro, que é árbitro de Luta de Braço há 11 anos e estará no Mundial pela primeira vez na carreira.

Na lista dos sete lutadores classificados estão Emídio Júnior, Chris Rejane, Sônia Carvalho, Carlos Alves Dias, Carlos Eduardo, Nélio Ojeda, Yanka Barreto e Jairo Farias. Os atletas são distribuídos em 10 categorias entre 70 kg e acima de 100 kg.

Emídio Júnior foi convocado para a categoria 100 kg, braço direito. O lutador já se classificou para o Mundial nove vezes, mas esta será apenas a segunda oportunidade que Júnior irá competir. A primeira ocasião foi em 2010, em Las Vegas, nos Estados Unidos.

“Fui o melhor brasileiro na categoria, ficando entre os cinco primeiros”, exalta.

O também sul-mato-grossense Carlos Dias conta que a preparação para o lutador de braço não é diferente de qualquer atleta. “A preparação é normal, mas exige um trabalho especifico para as costas e o abdômen, com ênfase no anti braço. Na dieta, tenho que perder peso, mas tomar cuidado para não perder força também”, explica.

Dias revela que costuma perder cinco quilos em apenas uma semana antes do início de qualquer competição.

O lutador também participou do Mundial de Las Vegas há dois anos, mas contou com um adversário invisível, porém fundamental: o inglês. A falta de comunicação com os árbitros do Mundial acaram o tirando da disputa. “Atrapalha, o juiz me pediu para arrumar meu punho, eu não entendi e tomei duas faltas. Com duas faltas é expulso”, lamentou.

Segundo Dias, a CBLB (Confederação Brasileira de Luta de Braço) orienta os atletas repassando algumas frases e palavras mais utilizadas pelos árbitros na competição.

MS se destaca no Brasileiro - Mato Grosso do Sul também foi destaque no 34º Campeonato Brasileiro Interclubes de Luta de Braço realizado entre os dias 15 e 17 deste mês, em São Vicente (SP).

No total foram conquistadas nove medalhas de ouro, cinco de prata e quatro de bronze. As vagas no Mundial e a convocação de Magno de Brito foram confirmadas com o desempenho de atletas e árbitro no Brasileiro no interior de São Paulo.

MS volta de Seletiva Sub-18 em RS com 3 medalhas de ouro e uma de prata
Os judocas de Mato Grosso do Sul que foram para Porto Alegre (RS) disputar a Seletiva Nacional Sub-18, competição que vale para o ranking de 2018, vo...
Sul-mato-grossenses conquistam medalhas no Brasileiro e Torneio Open
Dois nadadores sul-mato-grossenses conquistaram várias medalhas no Campeonato Brasileiro Senior de Natação e do Torneio Open CBDA - Correios, disputa...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions