A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

27/09/2015 13:27

Atlético PR perde em casa para a Ponte Preta e segue com jejum de vitórias

Thiago de Souza
Ponte Preta luta para chegar ao G-4 do campeonato. (Foto: Assessoria CBF)Ponte Preta luta para chegar ao G-4 do campeonato. (Foto: Assessoria CBF)

A Ponte Preta confirmou a boa fase e venceu o Atlético-PR, na Arena da Baixada, na manhã deste domingo (27), pela 28ª rodada do Campeonato Brasileiro. Com dois gols de Biro Biro, o time paulista venceu por 2 a 1 e quebrou uma invencibilidade de sete jogos dos paranaenses em seu estádio. De quebra, emplacou sua quarta vitória consecutiva, após passar por Santos, Goiás e Fluminense.

Com o resultado, o time campineiro chegou aos 40 pontos, ocupando a nona colocação na tabela e ultrapassando o próprio Atlético, que fica em 10º, estacionado nos 38 pontos. O sonho do G4 ainda é possível, mas está longe. A equipe paranaense não vence há seis jogos no Brasileirão.

O time Paranaense começou melhor e buscava uma pressão nos minutos iniciais com bolas alçadas para a área, mas a defesa pontepretana estava bem postada e segurou o ímpeto adversário. Na primeira boa descida campineira, aos 16 minutos, em jogada que começou com a participação de Borges, Cristian foi travado e Biro Biro pegou a sobra para abrir o placar. Ele bateu de primeira e forte.

Depois do gol, o Atlético seguiu pressionando e criou boas chances de empatar. De tanto persistir, Bruno Mota, aos 27 minutos aproveitou ajeitada de Marcos Guilherme, de cabeça, e encheu o pé para deixar tudo igual.

Biro Biro, atacante mais destacado da Ponte seguiu dando trabalho para a defesa adversária e, aos 18 minutos da etapa final, deixou sua marca novamente, dessa vez com um golaço. Ele dominou pela esquerda se livrou da marcação atleticana em diagonal, passando entre quatro adversários. Daí saiu o chute, que desviou na defesa superou Weverton.

No final, o Atlético buscou o empate, mas eram os visitantes quem chegavam com mais perigo, explorando a velocidade de seus atacantes nos contragolpes. Borges teve uma chance clara de matar a partida, mas mesmo com o gol vazio, chutou por cima a chance de marcar o terceiro gol da Ponte e o resultado terminou mesmo no 2 a 1 para o time de Campinas.

 



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions