A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 11 de Dezembro de 2018

31/12/2017 09:21

Barenita superou os favoritos para vencer a corrida São Silvestre

Leonardo Rocha
Barenita venceu prova com folga (Foto: Reprodução - Rede Globo)Barenita venceu prova com folga (Foto: Reprodução - Rede Globo)

O barenita Dawit Admasu superou os favoritos quenianos e etíopes, para vencer a tradicional Corrida de São Silvestre, em São Paulo, neste começo da manhã (31). Na prova feminina a queniana Flomena Cheyech venceu com folgas as adversárias, imprimindo um ritmo forte desde o começo da disputa.

Em sua 93ª edição, uma das corridas mais famosas América Latina, a São Silvestre reuniu 30 mil corredores em um percurso de 15 km. Disputada pela primeira em 1925, a São Silvestre é uma provada grandioso não apenas no número de corredores, entre atletas profissionais e amadores.

Na prova masculina, Dawit Admasu, começou a prova seguindo mesmo ritmo dos concorrentes diretos, porém faltando 3 quilômetros para o final da disputa, aumentou sua passada, em um ritmo forte, conseguindo abrir a vantagem necessária para vencer os adversários. A vantagem estava tão grande, que ele aproveitou ps últimos metros já para comemorar.

O atleta chegou na subida da Brigadeiro Luís Antônio com a vantagem de 121 metros. Ele tem como origem as provas de 5km, enquanto que os demais adversários tem mais preferência por maratona. Nascido na Etiopia, o atleta representa agora o Bahein.

Já nas disputa definina, prevaleu a tradição das atletas quenianas, com a vitória de Flomena Cheyech, que superou com folga as adversárias, tendo o tempo de 50 minutos e 18 segundos. Ele desde o início adotou um ritmo forte, conseguiu abrir vantagem e chegou na subida da Brigadeiro Luís Antônio, tendo 200 metros a frente da segunda colocada.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions