A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

17/07/2011 15:51

Brasil desperdiça chances, e 1º tempo com Paraguai termina empatado

Vinícius Squinelo

A Seleção canarinho teve o comando da partida, mas pecou na hora de finalizar

O primeiro tempo entre Brasil e Paraguai, partida que define o semifinalista da Copa América, terminou 0 a 0.

O Brasil foi melhor, dominou as ações, mas não conseguiu fazer o gol. Diferente do primeiro jogo, ainda na primeira fase, o Paraguai pouco ameaçou.

O vencedor encara Venezuela ou Chile, que jogarão amanhã, na semifinal da Copa América 2011, em partida realizada próxima quarta-feira. A outra semifinal será entre Uruguai, que bateu a Argentina, e Peru, que despachou a Colômbia.

O jogo

A partida começou movimentada, com os dois times buscando o gol. Antes dos 10m, o Brasil teve a primeira grande chance, e logo com um de seus grandes astros. Neymar recebeu sozinho na entrada da área e, de primeira, chutou de voleio, mas a bola saiu por cima do gol.

Com o tempo a seleção canarinho começou a tomar conta do jogo, principalmente pelo lado direito, com a dupla formada por Maicon e Robinho. Já o Paraguai iniciou o jogo mais recuado, buscando o contra-ataque com a velocidade dos atacantes Lucas Barrios e Haedo Valdez, destaque paraguaios.

No primeiro tempo, a seleção do país vizinho começou o jogo mais faltosa. Antes dos 20m, eram sete faltas paraguaias e apenas uma brasileira. O meio-campo Vera foi o primeiro punido com cartão amarelo, por falta em Neymar.

Aos 25m o lance a melhor chance da primeira metade do primeiro tempo. Robinho fez linda jogada e deixou Neymar na entrada da área, e livre de marcação, e o atacante do Santos desperdiçou a chance, chutando longe do gol de Villar.

Poucos minutos depois, nova chance de gol perdida pelo Brasil. André Santos cobrou falta, a bola passou por todo mundo e sobrou livre para o capitão Lúcio bater. O zagueiro, de carrinho, chutou perigoso para grande defesa do goleiro Villar, que precisou receber atendimento após o lance.

Diferente do primeiro jogo, a seleção canarinho buscava mais o ataque, dando poucas chances para os paraguaios.

O Brasil continuou perdendo chances, já próximo aos 40m, Ramires deixou André Santos na cara do gol. O lateral bateu forte, mas totalmente sem direção na bola.

O jogo deu uma esfriada nos minutos finais, até que aos 46 minutos, o árbitro Pezzota encerrou o primeiro tempo.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions