A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 21 de Janeiro de 2018

30/06/2013 19:55

Brasil supera “bicho papão” espanhol e é campeão no Maracanã

Nyelder Rodrigues
Fred, Neymar e Paulinho foram os destaques do Brasil nessa Copa das Confederações (Foto: Reuters)Fred, Neymar e Paulinho foram os destaques do Brasil nessa Copa das Confederações (Foto: Reuters)

O que todo torcedor da Seleção Brasileira queria acontecer: uma vitória maiúscula sobre os espanhóis na final da Copa das Confederações, no estádio Maracanã, no Rio de Janeiro.

Sem perder em competições oficiais disputadas em solo brasileiro desde 1975 (incluindo também jogos das Eliminatórias), a seleção aproveitou um conjunto de fatores para superar a Espanha por 3 a 0 neste domingo (30).

Além do fator casa e todo apoio da torcida, técnica e taticamente a seleção conseguiu se armar de uma maneira que consegui impedir o avanço e toque de bola espanhol, tirando a posse de bola dos adversários, grande arma deles.

Psicologicamente, os atletas brasileiros também aparentaram estar mais confiantes, e determinados em colaborar tanto na destruição de jogadas adversárias, como na construção de lances objetivos, rápidos e contra-ataques buscando principalmente Neymar.

Diante de cerca de 80 mil pessoas no Maracanã, o Brasil saiu na frente com apenas dois minutos de bola rolando. Após troca de passes entre Oscar e Hulk na direita, a bola foi alçada na área para Fred, que não conseguiu cabecear, mas a bola bateu em Neymar, que chegava logo atrás, e sobrou para Fred, deitado, abrir o placar.

Depois, o primeiro tempo seguiu equilibrado, e com algumas chances sendo criadas por ambos os lados. A Espanha não conseguiu trocar passes como em partidas anteriores, sofrendo diante da marcação brasileira.

Perto do final da partida, aos 43 minutos, Oscar conectou passe na esquerda para Neymar, que carregou até Oscar encostar para receber e devolver a bola para Neymar. O craque camisa 10 da Seleção disparou forte, no ângulo do goleiro Iker Casillas, para ampliar o marcador.

No retorno para o segundo tempo, novamente com apenas dois minutos, Fred apareceu de novo para marcar. Dessa vez, Hulk pegou a bola no meio e tocou para Neymar, que deixou a bola passar e chegar ao artilheiro do último Brasileirão, que chutou cruzado, tirando do goleiro Casillas.

Aos nove minutos de jogo, o atacante Jesus Navas, que tinha acabado de entrar em campo, sofreu pênalti feito por Marcelo. Na cobrança, o goleiro Júlio César acertou o canto, mas nem precisava, pois o batedor, o Sérgio Ramos, chutou para fora.

Já aos 22 minutos, Neymar recebe bola enfiada em contra-ataque, e ao carregar em velocidade, o zagueiro Piqué o derruba na entrada da área, e é expulso. Daí em diante, o Brasil passou a controlar mais a bola, e a sair para o jogo principalmente nos contra-ataques.

Mais algumas jogadas foram criadas, mas nenhuma foi concretizada, e a partida seguiu para o final e o título da Seleção Brasileira sob o coro da torcida, jogadores e comissão técnica de “o campeão voltou”.

Mega-Sena pode pagar prêmio de R$ 15 milhões neste sábado
A Mega-Sena pode pagar neste sábado (20) prêmio de R$ 15 milhões ao apostador que acertar as seis dezenas do concurso 2.006. O sorteio será realizad...
Flamengo bate o Avaí por 1 a 0 e encara a Lusa na próxima fase
O último semifinalista da Copa São Paulo de Futebol Júnior 2018 foi definido na noite desta sexta-feira (20). O Flamengo enfrentou o Avaí na Arena Ba...
Portuguesa bate o Palmeiras nos pênaltis e vai à semifinal da Copinha
A Portuguesa está na semifinal da Copa São Paulo de Futebol Júnior. Na noite dessa sexta-feira (19), no estádio do Pacaembu, o time lusitano consegui...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions