A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 23 de Setembro de 2018

09/04/2018 17:38

Campeão após 20 anos, Operário dispensa elenco e prepara eleição

Galo venceu o Corumbaense por 1 a 0 no domingo e conquistou o seu 11º título da história

Gabriel Neris
Presidente do Operário, Estevão Petrallas, segura a taça de campeão estadual (Foto: Operário FC/Divulgação)Presidente do Operário, Estevão Petrallas, segura a taça de campeão estadual (Foto: Operário FC/Divulgação)

Após a conquista do título estadual e colocando fim a um jejum de 20 anos, o Operário terá tempo suficiente para comemorar o título. O planejamento para a sequência do ano será colocado de lado por um instante até que o clube resolva sua situação política.

O presidente do Operário, Estevão Petrallas, fica no cargo até o dia 31 de agosto e garante que não concorrerá a eleição. Ele diz que não pretende firmar compromissos, seja com o técnico Celso Rodrigues, ou com os jogadores. "Vamos fazer os últimos acertos com os jogadores e preparar para mandá-los para os seus lares", comentou.

Porém, o dirigente admite a possibilidade de continuar em outra função, desde que o atual grupo político seja reeleito. "A responsabilidade do que vai vir pela frente é muito grande. Não pode ser um time qualquer, mostramos que o Operário consegue encher o estádio. A responsabilidade é muito maior", destacou.

A final do Campeonato Estadual contra o Corumbaense levou mais de 9 mil torcedores ao estádio Morenão no domingo (9), de acordo com a Polícia Militar. A relação de público pagante e renda não foram divulgados pelo clube e o borderô da partida ainda não estava disponível pela FFMS (Federação de Futebol de Mato Grosso do Sul). 

Rodrigo Gral comemorou o título do Galo nas redes sociais (Foto: Reprodução/Instagram)Rodrigo Gral comemorou o título do Galo nas redes sociais (Foto: Reprodução/Instagram)

Se neste ano o time profissional do Galo não terá mais competições pela frente, no ano que vem a situação será oposta. O clube representará o Estado na Copa do Brasil e Copa Verde logo no início do ano, além de disputar o Estadual simultaneamente. Posteriormente, entrará em campo pelo Campeonato Brasileiro da Série D.

Convite – O presidente do clube também informou que convidou o jogador Rodrigo Gral, de 41 anos, para atuar como um gestor. Após a partida que garantiu o 11º título do Operário, o jogador sinalizou para os torcedores que estava encerrando a carreira. A identificação fez com que Gral tatuasse o símbolo do clube no braço. "O convite foi feito no ano passado. O Gral é uma referência para nós", disse Petrallas.

O jogador se manifestou via rede social para comemorar o título do Galo. "Foi disputado, foi intenso, foi com queda, foi com tropeço, foi com garra, foi com alma, foi com fé. Vinte anos de carreira profissional. Trinta finais. Vinte e um títulos. Faltam palavras para agradecer. Eu sou muito abençoado pela minha trajetória. Tiramos o Galo de uma fila de duas décadas. Desafiamos a todos. Trabalhamos sem se entregar, mesmo com todas as adversidades de salário, de estrutura, de favoritismo do outro lado", escreveu o jogador.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions