A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

28/07/2013 13:48

Campeonato de várzea revela futuros profissionais e atrai 700 pessoas

Aliny Mary Dias e Jéssica Benitez
Campeonato começou há 3 meses e final foi neste domingo (Foto: Cleber Gellio)Campeonato começou há 3 meses e final foi neste domingo (Foto: Cleber Gellio)

Acompanhada por 700 moradores da região do Campo Belo, a final do campeonato de futebol amador do bairro teve o desfecho no fim da manhã deste domingo (28) e o Quinta Marcha se sagrou campeão do torneio.

A disputa entre o Quinta Marcha e o time Cesta Básica Guimarães foi além dos 90 minutos. No tempo regular, as duas equipes empataram em 1 a 1 e o grande campeão foi conhecido nos pênaltis.

Com o saldo de 2 gols convertidos contra 1 do Cesta Básica, o Quinta Marcha levantou o troféu e derrotou o atual campeão.

Além dos R$ 1,5 mil dado ao campeão e os prêmios de R$ 800 e R$ 300 ao segundo e terceiro lugares, outros atletas também foram premiados. O artilheiro da competição foi Anderson Girino do time Nova Lima. Fernando da Sara Conveniência conquistou o título de goleiro menos vazado.

O posto de melhor treinador ficou com João do Vila Nova. O melhor jogador da final foi o goleiro Fred, goleiro do Quinta Marcha que defendeu duas penalidades. O time campeão também conquistou o troféu disciplina.

A terceira colocação do campeonato foi disputada no início da manhã entre Vila Nova e Sara Conveniência. O troféu de terceiro colocado ficou com o Vila Nova.

Bruno teve convite para atuar no futebol profissional (Foto: Cleber Gellio)Bruno teve convite para atuar no futebol profissional (Foto: Cleber Gellio)

Profissional – Semelhante ao que acontece em outros estados brasileiros, os campeonatos de várzea de Campo Grande também revelam jogadores que seguem carreira em times profissionais.

O jovem Bruno Gimenez, de 21 anos, atua como meia esquerda do Vila Nova e conta que já recebeu convites do Naviraiense e Novoperário para se profissionalizar. A primeira proposta só não se concretizou porque o time de Naviraí foi eliminado da Copa do Brasil.

“Eu nasci no bairro e esse foi o primeiro ano que participei do campeonato. Dois jogadores aqui do bairro já se profissionalizaram e eu tenho esperança que posso conseguir”.

Mauro Ramos dos Reis, de 49 anos, organiza a competição há mais de 10 anos e explica que o campeonato está na 32ª edição e dura cerca de 3 meses. “Nós fazemos duas competições por ano e todo mundo participa. Cobramos R$ 300 de cada equipe para as premiações e é uma festa muito grande”, conta.

A organização para o próximo campeonato do Campo Belo já começou e a disputa deve começar daqui 1 mês.



Esse Campeonato Virou Tradição ja , é uma Festa Maravilhosa . . . . Além do que a Comunidade Interage todos sai de casa vão pro Campo Participar e torna um espetáculo tanto pra quem joga como pra quem Assisti .

 
JONES MARQUES em 29/07/2013 07:52:59
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions