A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

03/07/2015 14:12

Campo Grande e Dourados confirmadas no percurso da tocha olímpica

Helio de Freitas, de Dourados
A presidente Dilma segura a tocha olímpica ao lado do prefeito do Rio, Eduardo Paes, e do presidente do Comitê Organizador dos Jogos, Carlos Arthur Nuzman (Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil)A presidente Dilma segura a tocha olímpica ao lado do prefeito do Rio, Eduardo Paes, e do presidente do Comitê Organizador dos Jogos, Carlos Arthur Nuzman (Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil)

Campo Grande e Dourados, as principais cidades de Mato Grosso do Sul, foram confirmadas nesta sexta-feira (3), em cerimônia realizada em Brasília, como duas das 83 “cidades celebração” no revezamento da tocha dos Jogos Olímpicos Rio 2016.

No ato, realizado com a presença da presidente Dilma Rousseff, o Comitê Organizador Rio 2016 lançou a tocha e a rota de revezamento por onde o Fogo Olímpico passará até chegar à sede dos Jogos Olímpicos no dia 5 de agosto de 2016, para a abertura.

De acordo com a Agência Brasil, o Fogo Olímpico chegará a Brasília em maio, iniciando o percurso de 28 mil km. Seguirá pelas regiões Centro-Oeste, Nordeste, Norte, Sul e Sudeste. Serão 12 mil pessoas que participarão do revezamento da tocha por todo o país, em percursos de cerca de 200 metros cada uma.

A tocha será recebida em 300 cidades brasileiras – 83 delas apresentadas hoje, entre as quais Campo Grande e Dourados.

Dilma destacou que faltam 399 dias para a abertura dos Jogos do Rio 2016. Segundo ela, as obras estão em dia e o país preparado para receber o megaevento.

“Quando vemos a tocha, crescem para nós tanto a responsabilidade quanto a emoção. Está chegando o dia em que teremos a honra o orgulho de ser por primeiro da América do Sul a sediar o maior evento esportivo da Terra. Estamos confiantes de que responderemos o desafio que recebemos. Vamos fazer com grande competência e com hospitalidade uma Olimpíada histórica”, disse a presidente.

Segundo a prefeitura de Dourados, as “cidades celebração” vão receber grande evento para encerrar o revezamento a cada dia. Estão previstos inclusive shows nacionais e outras atrações esportivas e culturais.

A informação de que Dourados havia sido escolhida tinha sido repassada em abril ao prefeito Murilo Zauith (PSB) por uma representante do Comitê de Organização da Rota do Revezamento.

“Dourados foi escolhida por ter ótima estrutura turística, com grande número de leitos de hotelaria e restaurantes. O comitê gostou bastante da cidade, de sua estrutura econômica. Estamos muito felizes por ver que os investimentos em infraestrutura e apoio ao desenvolvimento estão dando certo e os resultados acontecendo”, afirmou Murilo.

Da Grécia para o Brasil – A tocha chegará da Grécia a Brasília entre abril e maio de 2016. Depois segue para Goiás, Minas Gerais, Espirito Santo e Nordeste. Em Teresina (PI) será embarcada em avião, passará por cidades do Norte e chegará a Campo Grande.

Da capital sul-mato-grossense, a tocha retoma o percurso terrestre, pernoitando em Dourados, de onde segue para Presidente Prudente (SP) e depois para o sul do Brasil. A jornada termina no dia 5 de agosto de 2016, quando o último condutor da tocha acenderá a Pira Olímpica na cerimônia de abertura dos Jogos, no Maracanã.

A tocha – Apresentada nesta sexta-feira, a tocha foi produzida com alumínio reciclado, resina e acabamento acetinado, pesa entre 1kg e 1,5kg e mede 63,5 cm de altura quando fechada e 69 cm quando aberta.

O desenho da tocha é assinado pela agência de design Chelles & Hayashi, de São Paulo, parceira do Comitê Rio 2016 no desenvolvimento do projeto. A agência foi escolhida após seleção nacional que reuniu 76 inscritos.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions