A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

05/04/2013 16:21

Clubes de futebol e governo lançam campanha para estimular doação de sangue

Camila Maciel, da Agência Brasil

Uma parceria entre o Ministério da Saúde e 30 clubes de futebol do país, firmada hoje (5) na capital paulista, vai estimular os torcedores brasileiros a fazer doação de sangue. A campanha "Torcedor Sangue Bom", que contará a participação de jogadores de futebol, pretende alcançar a meta de 1 milhão de doadores de sangue até julho deste ano.

"Julho é um mês de férias escolares e é muito comum baixarem os estoques de sangue nos hemocentros. Com a colaboração dos torcedores brasileiros, já agora nos meses de abril, maio e junho, poderemos evitar a baixa dos estoques", declarou o ministro Alexandre Padilha.

De acordo com o ministério, o número de coletas no país alcançou a marca de 3,6 milhões de bolsas de sangue no ano passado. "Isso é mais do que a Organização Mundial da Saúde [OMS] estabelece. Nós alcançamos o parâmetro porque temos 2% da população como doadora. Mas nós queremos aumentar ainda mais", explicou Padilha. A meta do governo federal é chegar a 3% dos brasileiros como doadores. "[Doar sangue] é algo que é seguro, não dói e salva vidas", destacou.

Os atletas dos clubes parceiros gravaram vídeos para convidar os brasileiros a doar sangue. "Ao entrar em campo, sou Santos, faço de tudo para ajudar o meu time. Ao sair do gramado, sou doador de sangue. Algo que não dói e ajuda muita gente que precisa. Você, torcedor do Santos, também pode fazer um golaço. Vá até um hemocentro e doe sangue", convidou Edu Dracena, zagueiro do Santos Futebol Clube.

As mensagens vão circular pelas redes sociais. A expectativa do ministério é que mais clubes participem das ações. "Várias torcidas já fazem isso isoladamente, agora o ministério vai apoiar esse esforço com uma grande campanha nacional", explicou. Os torcedores que quiserem divulgar informações da campanha no Twitter podem utilizar a hashtag #torcedorsanguebom.

Entre os clubes que já aderiram à campanha estão Santos (SP), Corinthians (SP), Flamengo (RJ), Vasco (RJ), Fluminense (RJ), Palmeiras (SP), Internacional (RS), Grêmio (RS), Paysandu (PA), Avaí (SC), Ponte Preta (SP), Portuguesa (SP), Coritiba (PR), Paraná (PR), Santa Cruz (PE), Sport (PE), Botafogo (RJ) e Ceará (CE).

Cada clube vai programar uma semana para convocar sua torcida. "São dias especiais de doação, para reforçar a campanha, mas os torcedores podem desde já procurar um hemocentro". A primeira semana da campanha, de 6 a 13 de abril, será dos torcedores do Corinthians. "Nós apoiamos a campanha e convocamos todos os torcedores a doar. Além de salvar vidas, estamos contribuindo para a paz no futebol e para a solidariedade entre as torcidas", declarou Gilberto Barbosa, vice-presidente da Federação Paulista de Futebol.

Os torcedores e demais interessados em doar sangue devem procurar o hemocentro mais próximo à sua residência. Em todo o país, são 32 hemocentros coordenadores e 368 regionais. Podem doar sangue pessoas com idade entre 18 e 67 anos e peso acima de 50 quilos. Jovens com idade entre 16 e 17 anos também podem doar desde que tenham o consentimento formal do responsável legal.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions