A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

29/09/2013 14:38

Com camisa "genérica" a R$ 30,00, ambulantes não conseguem vender no Morenão

Ângela Kempfer e Helton Verão
Público chega ao Morenão para a partida das 15 horas.(Foto: Cleber Gellio)Público chega ao Morenão para a partida das 15 horas.(Foto: Cleber Gellio)

O movimento dos vendedores ambulantes se confunde com o do público ao redor do estádio Morenão. Há muita gente vendendo material do Corinthians, nenhum da Portuguesa.

Mas nas bancas improvisadas, as camisetas, os bonés, as bandeiras e várias outras peças para a torcida corintiana parecem não ter muita saída.

O vendedor Barbosa da Silva é de São Paulo e roda o Brasil vendendo os produtos do time alvinegro. Desanimado, diz que difícil é encontrar comprador em Campo Grande. “A maioria já tem camisa”, reclama.

O preço não é dos melhores, R$ 30 por uma camiseta não oficial. Com 50 peças no estoque, ele comenta que quase não vendeu nada.

O campo-grandense Cleiton Ferreira, de 40 anos, também investiu na torcida por uma renda extra. Mas o retorno é duvidoso. “Está muito fraco”, resume.

Faltando meia hora para o início da partida, ainda há muita fila ainda na bilheteria para a compra de ingressos. Os times já estão em campo fazendo o aquecimento.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions