A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 15 de Dezembro de 2018

13/12/2016 16:17

Com o profissional em baixa, interesse pelo futebol amador é cada vez maior

Paulo Nonato de Souza
Cobranças de pênaltis na semifinal que definiram a vaga do Vó Maria para a final do Campeonato Terrinha no próximo sábado (Foto: Facebook)Cobranças de pênaltis na semifinal que definiram a vaga do Vó Maria para a final do Campeonato Terrinha no próximo sábado (Foto: Facebook)

Com o futebol profissional em Campo Grande cada vez mais distante dos torcedores, em razão de diversos fatores, como a falta de estádio com um mínimo de condições, baixa qualidade técnica das equipes e pouca importância dos jogos, o futebol amador faz a alegria dos bairros com campeonatos emocionantes em campos de chão batido.

É o caso do Campeonato de Futebol Terrinha, que no próximo sábado terá a rodada final da sua 18ª edição com o confronto entre Segunda Pele/MM Direções x Vó Maria/Recanto dos Amigos, às 17 horas. Nos jogos semifinais, realizados no último sábado, dia 10, o campo localizado na esquina das ruas Yokohama e Américo Brasiliense, na Vila Almeida, ficou completamente tomado por torcedores que se aglomeraram ao redor das quatro linhas.

Sem alambrados, vidros ou fossos, os torcedores acompanham os jogos junto ao campo. Nas cobranças de pênaltis que definiram a classificação do time do Vó Maria para a final, depois do empate por 2 a 2 com a Construmarc no tempo normal, os torcedores foram para dentro do campo e quase não permitiram espaço para os batedores. Depois de 15 cobranças, o Vó Maria venceu por 8 a 7 e se garantiu na decisão.

“Essa invasão sempre acontece aqui quando um jogo decisivo vai para os pênaltis, mas desta vez foi além do esperado porque havia muito mais gente do que nos anos anteriores, graças ao crescimento do nosso campeonato, cada vez mais divulgado pela imprensa”, comemorou Julio Sérgio Marques, um dos organizadores do Campeonato de Futebol Terrinha ao lado de Mário Angelo Ajala.

Segundo ele, a organização do evento já está tomando providências para que os jogadores tenham mais tranquilidade nas cobranças de pênaltis em caso de empate no tempo normal na final do próximo sábado. “Aquilo vira um barril de pólvora, ainda bem que a população respeita, mas os jogadores reclamam da pressão e estamos providenciando um alambrado improvisado”, comentou.

No sábado, a última rodada do campeonato vai começar com Construmarc x Juventude/Coronel David na decisão do terceiro lugar, às 15 horas. Na sequência, às 16h20, haverá uma apresentação especial de futebol feminino, às 16h20, e logo depois, às 17 horas, a esperada grande final entre Segunda Pele/MM Direções x Vó Maria/Recanto dos Amigos.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions