A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

02/03/2011 23:30

Com pênalti no último minuto, Cerro Porteño empata e mantém crise no Santos

Jorge Almoas

Quando se acreditou que o Santos conquistaria a primeira vitória na Taça Libertadores, um pênalti no último minuto do jogo garantiu o empate para o Cerro Porteño e a manutenção da crise no time da Vila Belmiro, que culminou na demissão do técnico Adilson Batista na semana passada.

Na partida desta quarta-feira, disputada na casa do Santos, a falta de sintonia do Peixe deu o tom do jogo. O time alvinegro tinha a posse de bola, rondava a área adversária, mas desperdiçavas passes demais.

No segundo tempo, o Santos voltou melhor. Aos nove minutos, Diogo acertou sua primeira jogada, dominando pelo meio, passando o marcador e dando passe para Zé Eduardo. Na tentativa de driblar o goleiro, o atacante foi derrubado e o árbitro sinalizou o pênalti. Elano bateu e abriu o placar.

Mas, a alegria não foi completa. Aos 45 minutos, Bareira recebeu de costas e foi derrubado por Edu Dracena. No último ato da partida. Nanni converteu e deixou tudo igual.

O Santos vai a dois pontos e fica na terceira posição do Grupo 5. Já o Cerro Porteño, com quatro, lidera a chave.

Com informações do Globo Esporte



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions