A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 15 de Dezembro de 2018

16/11/2018 19:10

Com pênalti polêmico convertido por Neymar, Brasil vence o Uruguai

Em jogo de faltas duras, Seleção Brasileira consegue vitória em Londres em lance contestado por adversários

Humberto Marques
Neymar, em lance contra o Uruguai na partida encerrada há pouco em Londres; brasileiro anotou pênalti que deu vitória ao Brasil. (Foto: CBF/Divulgação)Neymar, em lance contra o Uruguai na partida encerrada há pouco em Londres; brasileiro anotou pênalti que deu vitória ao Brasil. (Foto: CBF/Divulgação)

Em um jogo pegado –com oito cartões amarelos– e com cobrança de pênalti polêmico convertida por Neymar, o Brasil venceu o Uruguai nesta sexta-feira (16) em amistoso disputado no Emirates Stadium, a casa do Arsenal em Londres (Inglaterra), seu penúltimo compromisso no ano. Antes do jogo, porém, homenagem a alguém que se fez presente na história da Seleção: foi feito um minuto de silêncio em homenagem ao gaúcho Aldyr Schlee, criador da camisa amarela da Seleção.

O Brasil começou empurrando os uruguaios em seu campo de defesa. Aos 10min, Neymar chegou a comemorar um gol ao escorar chute de Filipe Luís. O lance, porém, foi anulado, com o camisa 10 brasileiro em posição de impedimento. Presente em campo, o destaque brasileiro apareceu em diversos lances de perigo, mas o gol não vinha.

Do lado uruguaio, que soube se segurar, os destaques foram Luiz Suárez, responsável pelos lances mais empolgantes da Celeste Olímpica, e o atacante Cavani, colega de Neymar no PSG-França. Embora dominante, o Brasil tinha um meio de campo que não se entrosou em um primeiro tempo truncado, com faltas duras.

Segundo tempo No início da etapa final, foi o Uruguai que tentou pressionar a Seleção, adiantando sua linha de marcação e dando sustos nos comandados de Tite, que promoveu mudanças. Aos 13min, o treinador sacou o meia Renato Augusto e promoveu a estreia do volante Allan. Menos de dez minutos depois, foi a vez de Richarlison tomar o lugar de Douglas Costa.

Aos 28min, veio o lance que garantiu a vitória brasileira. Danilo invadiu a área pela direita e foi derrubado pelo lateral-esquerdo Laxalt dentro da área. Os uruguaios reclamaram muito, pois a bola teria tocado na mão do brasileiro antes de ele cair na área –o pênalti foi anotado pelo bandeirinha e, depois, seguido pelo juiz. Suárez tomou cartão amarelo pelas queixas.

Na cobrança, Neymar chutou à esquerda do goleiro Campaña e marcou seu 60º gol pela Seleção, tornando-se o quarto maior artilheiro da história da Amarelinha (atrás de Pelé, Ronaldo e Zico).

O Brasil ainda teve chance de anotar mais um na etapa final. Da esquerda, Neymar achou Riclarlison na pequena área e passou, mas o atacante, chutando de primeira, colocou a bola à direita das metas uruguaias. O Brasil ainda deixou o campo com dois cartões amarelos (Wallace e Douglas Costa), enquanto os uruguaios foram advertidos seis vezes –Cáceres, Torreira, Vecino, Suárez, Mathias Suárez e Cavani.

A Seleção Brasileira volta a campo na terça-feira (20) contra Camarões, último jogo o time neste ano.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions