A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 21 de Junho de 2018

11/10/2017 19:32

Como nos bons tempos, Comerário festivo no Gadia fica no empate em 2 a 2

Paulo Nonato de Souza
Os ex-jogadores perfilados para os hinos nacional e de Mato Grosso do Sul com Arthurzinho, craque do Operário da década de 80, em primeiro plano (Foto: Paulo Nonato de Souza)Os ex-jogadores perfilados para os hinos nacional e de Mato Grosso do Sul com Arthurzinho, craque do Operário da década de 80, em primeiro plano (Foto: Paulo Nonato de Souza)

Como nos bons tempos: Lima abriu o placar para o Operário, Paulo Resende empatou e virou para o Comercial, e Pastoril deixou novamente tudo igual no placar. E assim terminou em 2 a 2 o Comerário – Comercial x Operário – em comemoração aos 40 anos da criação de Mato Grosso do Sul, nesta noite, na Praça de Esportes Elias Gadia, em Campo Grande.

O evento promovido com o apoio da Fundesporte (Fundação Estadual de Desporto) e da Funesp (Fundação Municipal de Esporte e Lazer) reuniu pelo menos três gerações de craques que brilharam no futebol local nas décadas de 1970, 1980 e 1990, e faziam do tradicional Comerário sempre um confronto de muita rivalidade em campo.

Participaram nomes de expressão dos dois lados, como Lima, Baianinho, Arthurzinho, Paulo Marcos, Pastoril, Gilmar Calonga, Nenê, Amarildo, Rui, goleiro reserva do lendário Manga na campanha do terceiro lugar no Campeonato Brasileiro de 1977, Celso e Altimar pelo Operário.

No Comercial, a lista teve ex-jogadores como Cido e Biro-Biro, que defenderam as duas camisas, além de Roberto Cesar, que também fez história nos dois clubes, inclusive foi destaque operariano na campanha do Brasileirão de 1977, Copeu, estrela comercialina na década de 1970, Dema, Adilson, Viana, Leomar e Paulo Resende.

“É um momento especial para matar a saudade de todos esses craques”, comentou o prefeito de Campo Grande, Marquinhos Trad, que não limitou a sua presença no evento como autoridade máxima do município, e jogou pelo Comercial, seu time de coração.

 

A entrada em campo dos dois times foi tumultuada pela quantidade de pessoas de várias gerações para cumprimentar os ex-jogadores de Comercial e Operário (Foto: Paulo Nonato de Souza)A entrada em campo dos dois times foi tumultuada pela quantidade de pessoas de várias gerações para cumprimentar os ex-jogadores de Comercial e Operário (Foto: Paulo Nonato de Souza)


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions