A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

24/01/2011 16:53

Costa Rica oficializa desistência na FFMS e abre vaga na Série A

Marcio Breda

A diretoria do Costa Rita oficializou hoje (24) a desistência do Campeonato Sul-Mato-Grossense da Série A e deve protocolar amanhã, já na parte da manhã, a documentação necessária na Federação de Futebol de Mato Grosso do Sul (FFMS).

Segundo o presidente do clube, Edson Martins Moraes, a falta de recursos foi determinante para a desistência. No ano passado a prefeitura já havia anunciado o corte das verbas destinadas ao clube para a disputa do Campeonato Sul-Mato-Grossense. Os dirigentes, porém, tentaram outras formas de patrocínio, mas sem sucesso.

“O prefeito (Jesus Queiroz Baird) decidiu apoiar mais o esporte amador e retirou uma parte dos investimentos no time. O comércio aqui não possui dinheiro suficiente para nos apoiar. Por isso decidimos desistir de participar do campeonato”, explicou Edson.

De acordo com a FFMS, a carta de desistência de uma equipe da Série A, protocolada até amanhã, abre automaticamente uma vaga na disputa do Estadual. Como o Operário foi o terceiro colocado na Série B de 2010, é o primeiro na lista para assumir o lugar. O pretendente, porém, deve estar em dia com a Federação e com a CBF.



Bom, com o aumento absurdo do IPTU daria muito bem para o digníssimo prefeito Nelsinho Trad repassar uma quantidade para o nosso futebol. É óbvio que não na mão do queriiiido presidente da Federação, e sim diretamente aos clubes...
O QUE TODOS ACHAM????

GAAAAAAAAAAAAAALLLLLLLLLLLLOOOOOOOOOOOOOOOOOO!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
 
Tiago Machado em 25/01/2011 11:29:10
Amigos esportista do estado de Mato grosso do Sul, e muito triste ver estampadas nos jornais a desistência do Crec-Costa Rica, lamantamos profundamente, por outro lado todos sacrificarão muito para manter o time na primeira disão do estado, mas parte da imprensa local só sabia bater na diretoria e agora o que vão falar......
 
Waldeli dos Santos Rosa em 25/01/2011 09:38:17
Caro Luizio Espinoza. O governo do Estado de Goiás investe em patrocínio para os times daquele Estado porque os governantes torcem para os times do seu Estado. Por aqui, André Puccineli é SANTISTA. Nelsinho Trad, apesar de se dizer comercialino é BOTAFOGUENSE e, inclusive, já recebeu a delegação do seu amado time em seu gabinete, em uma demonstração de bajulação infantil. Jerson Domingos é SANTISTA. Carlos Marun é INTERNACIONAL. Delcício do Amaral não pára de falar em seu twitter do SÃO PAULO. Vanderlei Cabeludo é CORINTHIANO. Maurício Picarelli é SANTISTA. O dono da Copagaz (que se diz comercialino) patrocina o time feminino do SANTOS. E até o Tony Vieira que se auto intitula Presidente do Operário se diz SÃO PAULINO!!!!!. Aqui está a explicação porque o futebol do nosso Estado JAMAIS.....JAMAIS.....JAMAIS sequer chegará à uma série B. Nossos governantes e empresários preferem assistir jogos pela televisão, comprando um produto à distância, que não lhes pertencem.
 
Edivaldo Moraes em 25/01/2011 08:17:38
Enquanto Francisco cezário permanecer a frente da federação de futebol, ninguém será louco de investir em futebol profissional aqui no MS.
 
Octavio Augusto em 24/01/2011 08:52:46
Só falta agora o Operário entrar pela janela e ser campeão da Série A,
O governo do estado de goiás investe em patrocinio em todos os times profissionais
daquele estado, não está na hora desse governo aqui fazer o mesmo para estimular
nosso estado a se despontar no país e aparecer pelo menos no futebol.
 
luizio espinoza em 24/01/2011 05:45:54
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions