A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 17 de Setembro de 2019

02/09/2019 19:16

Derrota para o Flamengo custa a saída de Felipão do Palmeiras

Além de Felipão também foram demitidos os auxiliares Paulo Turra e Carlos Pracidelli

Adriano Fernandes
Felipão e o auxiliar Paulo Turra, que também foi demitido. (Foto: Cesar Greco/Palmeiras/ReproduçãoGazetaEsportiva) Felipão e o auxiliar Paulo Turra, que também foi demitido. (Foto: Cesar Greco/Palmeiras/ReproduçãoGazetaEsportiva)

A derrota por 3 a 0 contra o Flamengo, no último domingo (01), custou a saída do técnico Luiz Felipe Scolari do comando do Palmeiras. Além de Felipão também foram demitidos os auxiliares Paulo Turra e Carlos Pracidelli.

“O clube reafirma seu respeito e admiração por toda a história do técnico Felipão no Palmeiras. Em relação a esta recente passagem, o Alviverde agradece por todo o trabalho e dedicação, que resultaram na conquista do Campeonato Brasileiro de 2018”, disse o clube por meio de nota.

Antes do jogo disputado no Estádio do Maracanã, Galiotte havia garantido a permanência de todo o departamento de futebol. No entanto, a fácil para o time rubro-negro, fez o presidente mudar sua posição.

Esta foi a terceira vez que Luiz Felipe Scolari foi técnico do verdão. Anunciado em junho do ano passado, Felipão tinha contrato até o fim de 2020. Em 76 partidas, ele acumulou 46 vitórias, 21 empates e 9 derrotas, alcançando um aproveitamento de 69,7% dos pontos.

No ponto alto de sua passagem, o técnico conduziu o Palmeiras rumo ao título do Campeonato Brasileiro 2018. Superado apenas por Oswaldo Brandão (585), Felipão termina com 484 jogos pelo Palmeiras(238 vitórias, 132 empates e 114 derrotas).

Ele ganhou a Copa Mercosul 1998, a Copa do Brasil (1998 e 2012), a Copa Libertadores (1999), o Torneio Rio-São Paulo (2000) e o Campeonato Brasileiro (2018), conforme o Gazeta Esportiva. O clube ainda não anunciou um substituto para o ex-técnico.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions