A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 20 de Julho de 2018

07/01/2017 20:19

Destaque na Copa, goleiro do Operário se espelha em jogador de seleção inglesa

Viviane Oliveira
Goleiro Lucas foi destaque do Operário durante jogo de sexta-feira (Foto: Miguel Schincariol) Goleiro Lucas foi destaque do Operário durante jogo de sexta-feira (Foto: Miguel Schincariol)

Na posição de goleiro, é normal ouvir das jovens promessas do futebol brasileiro que Taffarel, campeão do mundo na Copa de 94, nos Estados Unidos, Marcos e Rogério Ceni, campeões do mundo na Copa de 2002 no Japão e Coreia do Sul, são seus ídolos e referências para seguir na carreira. Mas esse não é o caso de Lucas, 19 anos, goleiro do Operário de Campo Grande na disputa na Copa São Paulo de Futebol Júnior.

O jogador, que foi o destaque do Operário durante o jogo contra o Corinthians na noite de ontem (6), no Estádio Joaquinzão, em Taubaté (SP), se espelha em Charles Joseph John Hart, o Joe Hart, de 29 anos, goleiro da seleção da Inglaterra, que atualmente atua pelo Torino, da Itália, emprestado pelo Maschester City.

Cheio de planos, o campo-grandense disse que quer continuar evoluindo e seguir carreira. “Me espelho no goleiro Joe Hart da seleção da Inglaterra. Gosto da técnica dele e o jeito que ele joga”, afirmou Lucas.

Durante a partida, o Operário não fez feio, mesmo com a derrota por 4 x 0 no confronto pela segunda rodada da tradicional competição de futebol de base. A equipe do técnico Paulo Rezende recebeu elogios no primeiro tempo, quando conseguiu impedir que o time paulista jogasse e exercesse o total domínio da partida. Quando conseguiram finalizar para gol, principalmente no segundo tempo, o goleiro Lucas fez importantes defesas. 

"Fico feliz em mostrar o meu trabalho numa partida tão difícil como foi essa contra o Corinthians. Tenho noção que pude evitar um placar maior, consegui fazer boas defesas, mas pequei em outras. Agora é bola para frente" disse Lucas ao término do confronto com vitória corintiana por 4 a 0.

O primeiro gol do Corinthians saiu aos 31 minutos. Antes disso, o goleiro Lucas havia feito quatro boas defesas em arremates de Guilherme e Pedrinho, duas vezes, uma delas em dois tempos no chute de Marquinhos. No segundo tempo foram mais quatro defesas importantes, a mais bonita quando já estava 4 a 0. "A defesa mais difícil foi a cabeçada do centroavante deles no segundo tempo. Consegui dar um tapa e tirar para escanteio”, destacou.

O Corinthians fez o segundo gol com 51 segundos de jogo no segundo tempo em jogada de Carlinhos, que ampliou para 3x0 aos 15 minutos e Mantuan fechou o placar aos 21 com um chute no ângulo. 



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions