ACOMPANHE-NOS    
SETEMBRO, SÁBADO  18    CAMPO GRANDE 36º

Esportes

Em corrida caótica, Ocon vence pela primeira vez na F1

Piloto francês garantiu o primeiro lugar depois do caos na primeira volta

Por Jhefferson Gamarra | 01/08/2021 12:27
Piloto francês Esteban Ocon, da Alpine superou favoritos e garantiu o lugar mais alto no pódio (Foto: Divulgação/F1)
Piloto francês Esteban Ocon, da Alpine superou favoritos e garantiu o lugar mais alto no pódio (Foto: Divulgação/F1)

A forte chuva e um erro do piloto Valtteri Bottas no início da corrida, transforam o GP Hungria disputado neste domingo (1), conhecida tradicionalmente por ser uma etapa tediosa, em uma das melhores e mais malucas corridas dos últimos tempos.  No fim, o francês Esteban Ocon, da Alpine, saiu vencedor pela primeira vez em sua carreira.

Com menos de 1h para o começo da prova, uma forte chuva caiu sobre a pista e foi decisiva para traçar os vencedores. As equipes abandonaram as estratégias e adotaram os pneus intermediários para a largada, que foi marcada por um acidente de "boliche" provocado por Bottas que tirou Charles Leclerc, Lance Stroll, Sergio Pérez, Lando Norris da disputa.

Acostumados com a parte da frente da corrida, Verstappen e Hamilton seguiram a na parte de trás, tendo que brigar por posições com Mick Schumacher. Na 37ª volta, após a parada de Vettel, a Alpine ficou com as duas primeiras posições. Depois de sair dos boxes, Ocon tinha Vettel colado, travando uma boa batalha de parciais para tentar impedir que o alemão ultrapassasse.

Enquanto Ocon e Vettel faziam uma disputa particular pela ponta, Carlos Sainz viu Alonso se aproximar na briga pelo pódio. Logo atrás do espanhol veio Lewis Hamilton querendo o pódio e garantindo o terceiro lugar nas voltas finais.

No fim, o francês Esteban Ocon, da Alpine, saiu vencedor pela primeira vez em sua carreira. Ele foi seguido por Sebastian Vettel, da Aston Martin. Lewis Hamilton, que largou na pole, perdeu posições na volta da paralisação e, numa prova de recuperação, terminou na terceira posição e retomou a liderança do Mundial de pilotos.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário