A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

04/05/2016 23:19

Em jogo dramático, Corinthians empata e dá adeus à Libertadores

Nyelder Rodrigues

O Corinthians foi novamente eliminado em casa, desta vez, em empate em 2 a 2 contra o Nacional (URU), com direito a pênalti e gol frente a frente com a meta perdidos no fim do jogo. O resultado eliminou o alvinegro da Copa Libertadores pelo segundo ano consecutivo nas oitavas de final da competição continental.

A torcida mais uma vez encheu a Arena Corinthians, na noite desta quarta-feira (4). Porém, com começou melhor foram os uruguaios, que logo aos cinco minutos abriram o placar. Após bola cruzada na área, Fagner perde de cabeça para Ramírez e Fernández aproveita a sobra. Ele disputa bola com Cássio, e o rebate fica com Nico López, que sem marcação, completa para o gol.

Nove minutos mais tarde, veio o empate. Giovanni Augusto fez bela tabela com Fagner pela direita e cruzou rasteiro. No caminho, Victorino e Fucile escorregaram, deixando a bola livre para o meia-atacante Lucca, que bateu para o fundo do rede e incendiou a torcida.

Porém, o jogo seguiu empatado neste primeiro tempo, até o intervalo. Uma confusão nos corredores dos vestiários entre jogadores e comissão técnica do time brasileiro e uruguaio marcou o período. Na volta para a etapa final, o Timão veio mais agressivo e buscando o gol da vitória, mas o gol foi do Nacional.

Aos 11 minutos, aproveitando espaço deixado pelos brasileiros na defesa, os uruguaios fizeram bela jogada com Nico dominando dentro da área e rolando para Fernández. Cássio defendeu, mas deu rebote para Santiago Romero bater cruzado e marcar do segundo.

Em desvantagem, o Corinthians partiu para cima. Aos 37 minutos, o árbitro viu falta de Polenta sobre André dentro da grande área e marcou pênalti. Na cobrança, o próprio André foi displicente, bateu fraco no meio do gol e facilitou a vida do goleiro Conde, que encaixou a bola.

Na sequência, aos 46 minutos, o lateral direito Fagner foi expulso ao dar um chute em um adversário. Contudo, quando tudo parecia perdido, surgiu um fio de esperança no torcedor. Na disputa dentro da área, Polenta acabou pegando a bola com a mão e o Timão conseguiu outro pênalti.

Marquinhos Gabriel, que entrou na etapa final, bateu com tranquilidade e empatou o jogo aos 48 minutos. Mas a esperança acabou aos 49 minutos, quando Danilo deu belo lançamento cruzado para o paraguaio Romero, que completou para fora, frente a frente com o gol. Aos 50, o árbitro encerrou o jogo e definiu a eliminação corintiana, a quinta da equipe dentro da Arena.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions