A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 25 de Setembro de 2018

27/06/2017 11:51

Federação de luta livre faz campanha para ter atletas no Pan-americano

Paulo Nonato de Souza
Equipe da Felams voltou do Rio de Janeiro com sete medalhas; desafio agora é o Pan da Argentina (Foto: Felams/Divulgação)Equipe da Felams voltou do Rio de Janeiro com sete medalhas; desafio agora é o Pan da Argentina (Foto: Felams/Divulgação)

Com dois atletas – Assíria Silva e Alan Silva – campeões brasileiros em suas categorias e classificados para participar da disputa do Pan-Americano de Luta Livre entre 5 e 16 de julho na Argentina, a Felams (Federação de Lutas Associadas de Mato Grosso do Sul) ainda não sabe como garantir a presença dos dois lutadores no evento que terá a participação de representantes de países da América do Sul, Norte e Central.

“Falta recurso para bancar a viagem e estamos fazendo campanha, pedindo apoio e arrecadando fundos. Além do torneio, a programação do evento também tem uma fase de treinamento lá na Argentina, fundamental para o desenvolvimento dos nossos atletas”, disse o presidente da Felams, Jean Nunes.

No último final de semana, a Felams teve uma delegação no Campeonato Brasileiro de Luta Olímpica Cadete e segunda etapa da Seletiva para Torneio da Juventude, realizados na Ilha do Governador, no Rio de Janeiro, e somou a conquista de sete medalhas, incluindo três como campeões. “Assíria Silva (categoria até 52 Kg) e Alan Silva (categoria até 100 Kg), por exemplo, foram campeões no estilo greco-romano.

Alan Silva, atleta do Centro de Cultura e Treinamento Arktos, de Campo Grande, disputou um evento nacional pela primeira vez e venceu todos os seus adversários por encostamento (técnica máxima no esporte que dá a vitória para quem a executa) e se tornou campeão brasileiro cadete na categoria até 100 Kg.

Na categoria até 52 Kg, Assíria Silva simplesmente atropelou suas adversárias em quatro lutas, todas vencidas no primeiro round contra atletas dos estados de São Paulo, Rio de Janeiro e Alagoas. O desempenho rendeu a atleta o título de campeã brasileira cadete. Assíria também conquistou a prata na etapa do Torneio da Juventude ao vencer a atleta amazonense Layene Silva. O ouro ficou com Letícia Pimenta de São Paulo.

Segundo Jean Nunes, quem quiser ajudar na campanha para a participação dos dois atletas na competição pan-americana na Argentina pode entrar em contato com a Femas. Pode ser pelo telefone 67 – 9 9104 2077 ou Facebook (fb.me/felams). “Fomos ao Rio com o apoio da Fundesporte (Fundação Estadual de Desporto e Lazer). Agora estamos correndo para assegurar a presença dos nossos atletas na Argentina”, declarou o dirigente.

 



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions